icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/12/2013
20:00

O Atlético-MG vai ter que enfrentar a animada torcida do Raja Casablanca na semifinal do Mundial de Clubes. O time marroquino conseguiu vencer o Monterrey nas quartas de final do torneio por 2 a 1 na prorrogação, neste sábado em Agadir, e os mexicanos voltam a cair prematuramente, assim como em 2011. O jogo contra o Galo é na quarta-feira em Marrakesh.

O Monterrey começou bem melhor. Em cinco minutos, Juarez e Zavala já tinham feito a defesa do Raja trabalhar. Mas era o trio de frente, formado por Delgado, Cardozo e Suazo que levava mais perigo, principalmente com os chutes fortes dos dois primeiros, sempre organizado pelo atacante careca do time mexicano.

O Raja estava fechadinho. Atrás era praticamente uma linha de cinco, e Montouali tentava organizar o início do meio-campo e aproveitar os contra-ataques, principalmente com Iajour pela esquerda. E aos poucos, puxado pela torcida, o time do Marrocos conseguiu se impor em campo e sair mais para o ataque. O gol acabou vindo pelo direito. El Hachimi cruzou, o goleiro Orozco falhou e não segurou, a bola ficou livre para Chtibi, que acompanhou o lance e completou para o gol.

Na sequência do segundo tempo, o Monterrey tentou responder e voltou a ter chances com Cardozo e Delgado, mas Askri era absoluto no gol. Enquanto isso, Iajour infernizava pela esquerda. Em um lance, a bola passou quase por cima da linha, mas não tinha ninguém para completar.

Jogo foi para a prorrogação (Foto: Fadel Senna/ AFP)

Na volta do intervalo, os mexicanos voltaram decididos e complicar. Até que o gol saiu em jogada de bola parada. Suazo cruzou pelo lado direito da área, Basanta sobe mais que El Hachimi e cabeceia bonito. Logo depois, mais chances para empatar, principalmente na que Delgado deixou Cardozo livre para arrancar e definir. Mas o goleiro brilhou novamente. O Monterrey tentou aproveitar o bom momento, mas não saiu o segundo.

Aos poucos, os times começaram a ficar receosos, conforme o tempo passava, e o melhor já era mesmo ir para a prorrogação. E o gol do Raja não demorou a sair, veio logo aos seis minutos. Cobrança de escanteio, Guehi subiu mais que Zavala e colocou o seu time na frente.

FICHA TÉCNICA
RAJA CASABLANCA X MONTERREY

Local: Estádio Agadir, Agadir (MAR)
Data-hora: 14/12/2013, às 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Alireza Faghani (IRA)
Auxiliares: Hassan Kamranifer (IRA) e Reza Sokhandan (IRA)

Gols: Chtibi (24'/1ºT), Basanta (6'/2ºT), Guehi (6'/2ºP)

Cartões amarelos: Osorio (MON), Chtibi (RAJ), Karrouchi (RAJ), Zavala (MON), Suazo (MON), Askri (RAJ)
Cartões vermelhos:

RAJA CASABLANCA: Askri, El Hachimi, Karrouchi, Benlamale e Oulhaj; Montouali, Guehi, Chtibi (Mabide, 21'/2ºT), Iajour (Coulibaly, 4'/2ºP) e Erraki; Hafidi (Salhi, 35'/2ºT). Técnico: Faouzi Benzarti

MONTERREY: Orozco, Juárez (Chavez, 9'/2ºP), López, Osorio e Basanta; Meza, Zavala (De Jesus, 8'/1ºP), Lucas Silva e Cardozo; Delgado (Arellano, 30'/2ºT) e Suazo. Técnico: José Cruz