icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/11/2014
15:15

O retorno de Charles Fabian ao comando do time principal do Bahia já está surtindo efeitos. O treinador já afastou quatro jogadores (uns por indisciplina, outros para exugar o elenco) e já escalou garotos da base no time titular.

Ex-treinador do time sub-20, Charles Fabian tem a característica forte de dar chances aos meninos da base. Na última terça-feira, o treinador compareceu a semifinal da Copa do Brasil sub-20, disputada por Bahia e Vitória. A utilização de jogadores da base tem o apoio do elenco principal, como revela o volante Rafael Miranda, mas deixa o alerta que talvez esse não seja o melhor momento.

- Sempre digo que sou a favor de um plantel ser composto por jogadores da base. Tem que tentar, sempre que possível, colocar jogadores da base. Só que é um momento complicado. Tem que ter sabedoria para não queimar ninguém, e jogadores que são promessas e podem trazer benefício, não irem por água abaixo. Feijão já jogou várias vezes, o Paulista menos. Nesses dois, não tem problema.

Lutando contra o rebaixamento, o Bahia entra em campo neste domingo, contra o Corinthians, em busca de um milagre. O time tricolor não vence há oito rodadas, e precisa ganhar todos os jogos até o fim do Brasileiro para escapar da degola. Para Rafael Miranda, a situação do Bahia não tem explicação.

- É difícil pontuar porque as coisas acontecem. Se soubesse exatamente porque acontece, com certeza não aconteceria. A gente conversa no vestiário, ensaia, mas, no primeiro lance em que as coisas não acontecem como se esperava, o time todo vai abaixo. Passa a desconfiança de você e dos companheiros. A gente está tentando identificar o porquê disso. Falta de compromisso não é. Quando as coisas não estão encaixando, nossa mente é muito forte e essas coisas acabam acontecendo. Estamos tentando melhorar.