icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2013
17:31

O São Paulo embarcou, na tarde desta segunda-feira, para os confrontos nas Copas Audi, Eusébio e Suruga. Além de no período de oito dias o elenco tricolor ter quatro jogos, o deslocamento nas viagens gera ainda mais cansaço. Por conta dos fatores, o técnico Paulo Autuori afirma que alguns jogadores sequer vão ao Japão e já visa à recuperação no Campeonato Brasileiro.

- A gente, acima de tudo, tem de preparar a equipe. Logicamente, eu sugeri esse esforço dos jogadores que vai ser importante para nós. Já planejamos algumas coisas, como em relação à volta de alguns jogadores de Portugal direto para cá. Ainda vamos definir quem serão esses jogadores, em função da carga de jogos que eles têm tido na temporada e daquilo que se passarem nos primeiros jogos lá. Pelo menos, uns quatros jogadores vão voltar, para ficarem aqui treinando, para quando a equipe chegar e um dia depois ter de jogar, pelo menos uns 40% (do potencial físico) a gente possa ter, para refrescar a equipe, para uma capacidade física maior, nessa volta - declarou o treinador.

No Brasileirão, o São Paulo figura na zona de rebaixamento, com nove pontos conquistados, à frente apenas de Náutico e Portuguesa. Em razão da excursão internacional, o São Paulo teve de antecipar dois jogos. O time, ainda, está há 12 jogos sem vencer (a maior sequência negativa da história do clube). Após o jogo contra o Kashima Antlers (JAP), no dia 7, o Tricolor volta ao Brasil e, no dia 10, encara a Portuguesa, no Canindé.

Em recuperação, o atacante Luis Fabiano e o volante Denilson não foram relacionados para a viagem. O zagueiro Lúcio foi afastado a pedido do comandante tricolor.

Na temporada, o atacante Aloísio foi o atleta que mais partidas disputou. O camisa 19 esteve em 38 jogos. Já o goleiro Rogério Ceni e o lateral-direito Douglas atuaram em 36 confrontos.

Mesmo confiante, o São Paulo pode sofrer no exterior

O São Paulo embarcou, na tarde desta segunda-feira, para os confrontos nas Copas Audi, Eusébio e Suruga. Além de no período de oito dias o elenco tricolor ter quatro jogos, o deslocamento nas viagens gera ainda mais cansaço. Por conta dos fatores, o técnico Paulo Autuori afirma que alguns jogadores sequer vão ao Japão e já visa à recuperação no Campeonato Brasileiro.

- A gente, acima de tudo, tem de preparar a equipe. Logicamente, eu sugeri esse esforço dos jogadores que vai ser importante para nós. Já planejamos algumas coisas, como em relação à volta de alguns jogadores de Portugal direto para cá. Ainda vamos definir quem serão esses jogadores, em função da carga de jogos que eles têm tido na temporada e daquilo que se passarem nos primeiros jogos lá. Pelo menos, uns quatros jogadores vão voltar, para ficarem aqui treinando, para quando a equipe chegar e um dia depois ter de jogar, pelo menos uns 40% (do potencial físico) a gente possa ter, para refrescar a equipe, para uma capacidade física maior, nessa volta - declarou o treinador.

No Brasileirão, o São Paulo figura na zona de rebaixamento, com nove pontos conquistados, à frente apenas de Náutico e Portuguesa. Em razão da excursão internacional, o São Paulo teve de antecipar dois jogos. O time, ainda, está há 12 jogos sem vencer (a maior sequência negativa da história do clube). Após o jogo contra o Kashima Antlers (JAP), no dia 7, o Tricolor volta ao Brasil e, no dia 10, encara a Portuguesa, no Canindé.

Em recuperação, o atacante Luis Fabiano e o volante Denilson não foram relacionados para a viagem. O zagueiro Lúcio foi afastado a pedido do comandante tricolor.

Na temporada, o atacante Aloísio foi o atleta que mais partidas disputou. O camisa 19 esteve em 38 jogos. Já o goleiro Rogério Ceni e o lateral-direito Douglas atuaram em 36 confrontos.

Mesmo confiante, o São Paulo pode sofrer no exterior