icons.title signature.placeholder Caio Carrieri e Fabricio Crepaldi
07/11/2013
07:19

Dos 13 jogadores do elenco do Palmeiras que estão com o contrato no fim – os vínculos se encerram em dezembro –, dois deles despertam maior interesse da diretoria pela permanência em 2014, no centenário: Vilson, de 24 anos, e Leandro, mais novo, de 20.

Ambos envolvidos na troca de Barcos com o Grêmio – que ainda teve Léo Gago e Rondinelly –, os dois jogadores se tornaram títulares e peças importantes no time de Gilson Kleina. Por isso, a manutenção deles no grupo foi pauta em uma das reuniões dos últimos dias entre o presidente Paulo Nobre e o diretor-executivo José Carlos Brunoro.

Otimista em segurar Leandro, a diretoria palmeirense deve se reunir entre o fim dessa semana e o começo da próxima com os representantes do atacante, artilheiro do Palmeiras no ano com 16 gols marcados. Os agentes estão em São Paulo.

Como o LANCE! revelou em 23 de julho, uma cláusula no contrato de Leandro prevê prioridade unilateral ao Alviverde para estender o empréstimo do Grêmio por mais um ano. O Verdão não terá de desembolsar dinheiro ao clube gaúcho para garantir a permanência do camisa 38. A única manobra que deve acontecer é o reajuste salarial pretendido pelo atleta, que também tem sondagens do exterior, mas gostaria de continuar no Palestra Itália.

– Meus objetivos pessoais são muitos, já realizei vários sonhos, um deles era jogar no Palmeiras. Agora o futuro eu não posso dizer, não sei o dia de amanhã, mas o meu desejo é de permanecer aqui. Mas não posso garantir nada do futuro – disse.

O caso do zagueiro Vilson requer um pouco mais de cuidado. Depois de ver a sua transferência para o Stuttgart (ALE) naufragar em setembro, o Palmeiras começou a negociar a renovação com o agente do defensor. As partes, no entanto, ainda não chegaram a um acordo com relação ao salário. Seus representantes foram avisados que a situação só deve ser resolvida quando for definido o futuro da comissão técnica.

Com tendinite no joelho esquerdo, o beque não atua há quatro rodadas e não enfrentará o Joinville neste sábado, no Pacaembu. Leandro está confirmado no time.

Leandro não esconde: 'Quero ficar no Palmeiras'


Situação dos outros 11 com contrato perto do fim

Bruno
O goleiro é o mais antigo no elenco, mas são pequenas as chances de ficar no clube no próximo ano. Ele quer renovar e aguarda para negociar com a diretoria.


Situação dos outros 11 com contrato no fim

André Luiz
Quando jogava pouco, a tendência era que não renovasse. Depois que virou titular, tem atuado bem e existe a possibilidade de seguir no clube no próximo ano.

Wendel
Titular em alguns jogos, tem moral com a comissão técnica e foi bem quando atuou. Segundo o  jogador, a negociação para renovar já está avançada.

Márcio Araújo
Criticado pela torcida e adorado pela comissão técnica, já teve conversas para renovar o vínculo antes, mas as tratativas estão paradas há tempos.

Fernandinho
Está emprestado pelo Oeste e não deverá renovar. Recebeu poucas chances com Gilson Kleina, passou muito tempo com lesões e a tendência é que vá embora.

Marcelo Oliveira
Emprestado pelo Cruzeiro, mas o Palmeiras tem a preferência unilateral de renovação até o final de 2014.

Charles
Situação idêntica  a de Marcelo Oliveira. Clube tem a opção de renovar, ele quer ficar e deve haver um acerto.

Léo Gago
Mais um que veio do Grêmio. Era titular até sofrer lesão séria e passou a jogar menos. Pode ficar em 2014.

Ronny
Recebeu poucas chances no time e quando jogou não teve grandes atuações. Por isso, não deverá renovar em 2014.

Rondinelly
Chegou na troca por Barcos, jogou 60 minutos o ano todo e foi a maior decepção da temporada. Não renovará.

Ananias
Também está emprestado pelo Cruzeiro até o fim do ano, mas o Palmeiras tem a opção de renovar até maio de 2014.