icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/07/2014
15:10

O Brasil começou muito bem no Grand Slam de Tyumen de Judô, na Rússia, competição mais importante desde que a pontuação do ranking mundial começou a valer para o ranking olímpico. No primeiro dia, a equipe verde e amarela conquistou seis medalhas – duas de ouro, duas prata e duas de bronze. Sarah Menezes (48kg) e Charles Chibana (66kg) foram os responsáveis por chegar ao lugar mais alto do pódio para o país. Felipe Kitadai (60kg) e Marcelo Contini (73kg) ficaram com a prata; e Érika Miranda (52kg) e Alex Pombo (73kg) com o bronze.

Atual campeã olímpica, Sarah conquistou o ouro deixando pelo caminho as judocas Irina Dolgova(RUS), Valentina Moscatt (ITA) e Emi Yamagishi (JAP).

– Estou muito feliz por chegar ao meu terceiro ouro em Grand Slams. Essa medalha me dá ainda mais confiança para ir buscar meu primeiro título em Mundiais Sênior – disse Sarah Menezes.

Já Chibana, que se destacou pro ter vencido três das quatro lutas por ippon, derrotou Armen Avagyan (RUS), Sugoi Uriarte (ESP), Masaaki Fukuoka (JAP) e Yuhei Rokugo (JAP).

O Brasil ainda teve mais representantes neste sábado, porém não conseguiram chega a um lugar no pódio. A campeã mundial Rafaela Silva (57kg) acabou sendo derrotada e no primeiro combate. Mariana Barros (63kg) teve o mesmo destino da compatriota e perdeu logo na primeira luta.

No domingo, segundo e último dia do Grand Slam, o Brasil será representado por Bárbara Timo (70kg), Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Victor Penalber (81kg), Luciano Correa (100kg) e Rafael Silva (+100kg).