icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/11/2014
00:04

Apontado pela opinião pública como o melhor sucessor para Luis Felipe Scolari na Seleção Brasileira, mas preterido pela CBF, o técnico Tite falou sobre a escolha da entidade máxima do futebol brasileiro por Dunga. O treinador, que está desempregado e vem se reciclando nos últimos meses, afirmou que, como brasileiro, manifestou apoio a Dunga no comando da seleção.

- Enquanto brasileiro, nós temos um técnico na Seleção e esse técnico é o Dunga. A partir daquele momento, eu manifestei todo apoio e toda sequência a ele. - disse Tite, nesta segunda, no programa Bem, amigos, do Sportv.

O treinador também falou sobre a declaração dada por Muricy Ramalho após a Copa do Mundo. Na ocasião, o comandante do Tricolor manifestou preferência por Tite no comando da Seleção. 

- Ele teve coragem de externar aquilo que era sentimento dele individual, uma opinião individual. - ressaltou o ex-treinador do Corinthians

Tite também falou abertamente sobre o momento da escolha do novo treinador da Canarinho. O comandante destacou que estava habilitado para o cargo, mas evitou lamentar a sua não-escolha.

- Momento profissional é importante, mas que talvez já passou. Não gosto de falar sobre isso porque soa como choradeira. Luto pra trabalhar e fazer minhas conquistas e não preciso usar um canhão (mídia) para falar e externar aquilo que eu queria. Estava habilitado e preparado para tal (assumir a Seleção), mas agora o técnico é o Dunga e a Seleção segue em frente em seu trabalho. - encerrou