icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
20/02/2015
20:18

Ainda abalado pela derrota marcante para o Corinthians na Copa Libertadores da América, o São Paulo já precisa mudar o foco e pensar no Campeonato Paulista. Neste sábado, às 17h, o Tricolor enfrentará o Osasco Audax pela 6ª rodada do Estadual e apostará na marcação sob pressão para retomar o caminho das vitórias, justamente no primeiro jogo do ano no Morumbi.

O estádio estava fechado desde meados de dezembro para a reforma do gramado, que não era trocado completamente desde o início da década de 1990. Dessa maneira, o clube teve de mandar as partidas contra Capivariano (4 a 2) e XV de Piracicaba (2 a 0) no Pacaembu. O último confronto no Morumbi foi o empate em 1 a 1 com o Figueirense, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2014.

A solução para não passar sustos contra o Audax já está na ponta da língua de Muricy Ramalho, muito criticado após o Majestoso da última quarta-feira. O técnico, no treino desta sexta, posicionou o time titular quase que inteiro no campo ofensivo. O volante Souza, por exemplo, ficou o tempo todo marcando o zagueiro Paulo Miranda, que iniciava as jogadas do reservas.

- A gente treina de acordo com o adversário sempre. E a gente sabe que Audax gosta de sair jogando, por isso tem obrigação de ter um esquema que saiba pressionar. É um estilo de jogo legal de se ver, o deles. Gosto de ver o Audax, vi agora contra o Marília (1 a 1). A gente tem por obrigação treinar, senão vai para campo e não vai acontecer nada - explicou Muricy.

No ano passado, a tática funcionou perfeitamente contra o time da Grande São Paulo. Em jogo no Morumbi, o Tricolor insistiu em apertar a saída de bola dos rivais, que se notabilizam por trocarem passes curtos na defesa e deixarem o chutão para frente como última opção. O resultado foi uma goleada por 4 a 0, com gols originados de roubadas de bola - incluindo um de Souza.

Além da postura mais agressiva na marcação, o São Paulo também terá três novidades no time titular para o jogo deste sábado contra o Audax. Reinaldo entra no lugar de Maicon para fazer a lateral esquerda e liberar Michel Bastos para o meio de campo. Thiago Mendes assume o posto de Paulo Henrique Ganso, que segundo Muricy pediu para não jogar, e Alexandre Pato rouba o lugar de Alan Kardec.

A partida contra o Audax inaugura a sequência do Tricolor, líder do Grupo 1 com 13 pontos, contra os times do Grupo 2. A equipe de Osasco é a lanterna com apenas quatro pontos na chave liderada pelo Corinthians, que tem duas partidas a menos. O time treinado por Fernando Diniz não terá o meia Carlos Magno, com lesão muscular.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X OSASCO AUDAX

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 21 de fevereiro de 2015, às 17h
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Maiza Teles Paiva

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson, Souza, Thiago Mendes e Michel Bastos; Alexandre Pato e Luis Fabiano. Técnico: Muricy Ramalho.

OSASCO AUDAX: Felipe Alves; Marquinho, Vinicius, Bruno Silva e André Castro; Francis, Rafael Longuine, Camacho e Matheus; Thiago Silvy e Ytalo. Técnico: Fernando Diniz.