icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/02/2015
18:03

A temporada será difícil para o Corinthians em termos financeiro, mas esse obstáculo não atrapalhar a caminhada da equipe rumo aos títulos. Pelo menos, é isso que garantiu Roberto de Andrade na tarde desta quinta-feira.

Em entrevista ao SporTV, o novo presidente do Timão reafirmou que haverá dificuldade para honrar os compromissos assumidos, mas garantiu que as pessoas responsáveis pelos principais departamentos encontrarão uma saída para fechar 2015 de forma satisfatória.

- (situação financeira) Difícil. A gente sabe que vai ter um ano pouco mais complicado. A gente espera que esse ano a gente consiga ajustar todas as mudanças que a gente quer fazer internamente para que, a partir de 2016 e 2017, ter uma evolução maior do que tivemos nesses anos - afirmou o novo mandatário, que ainda completou:

- Para falar em dívida, nós temos que separar. Temos a dívida do clube, que gira em torno de R$ 300 milhões, sendo que 70% do valor já está negociado, que seriam impostos, que a gente fez um parcelamento em 15 anos, já começamos a pagar. E temos também a outra parte que é a Arena, que foi criado um fundo. Que não é pouco, os valores são altos - lembrou.

Veja mais declarações de Roberto de Andrade:

LIGAÇÕES COM AS TORCIDAS ORGANIZADAS
"A gente não pode negar que o fato já existe. Não foi o Corinthians que inventou, isso existe no mundo inteiro. E não tem muito o que fazer. Aqui no Corinthians ninguém dá ingresso pra ninguém, ninguém paga ônibus pra ninguém, nem combustível, nem nada. A torcida vai ao estádio com o recurso da torcida. A gente disponibiliza os ingressos e eles nos pagam, não tem diferença nenhuma. Cada um tem uma maneira de conduzir as coisas, a porta da minha sala é aberta a todos não só a torcida. Eu acho que é um cargo praticamente publico, eu sou apto a conversar com todo mundo. Não vou mudar por conta disso. Essa atitude minha não gera violência, pode ser que não diminua, mas também não vai aumentar. Como você bem disse é a minoria da torcida que provoca esse tumulto todo. Eu acredito que seria muito mais fácil os órgãos de segurança pública identificar essas pessoas e tirar essas pessoas do convívio do futebol. Por que ninguém faz isso?"

PUNIÇÃO AO SAN LORENZO NA LIBERTADORES
"O Corinthians acabou sendo punido junto, infelizmente. O mando não é nosso, a gente tem que acatar, não tem o que fazer".

CORINTIANOS PELA AMÉRICA DO SUL
"O corintiano é um apaixonado, por onde o corinthians vai jogar a torcida segue. Não tem como ser diferente. Isso aconteceu no primeiro jogo da final da libertadores, na argentina. Mesmo com pouco ingresso, tinha mais torcedor fora do estádio contra o boca do que corintiano dentro. Mas todos foram a Buenos Aires pra poder acompanhar o corinthians de perto."

ELEIÇÃO COM SÓCIOS-TORCEDORES
"É uma conversa mais ampla, a gente não pode esquecer que o Corinthians tem um clube social grande. O universo de votantes é 11 mil e pouco, compareceram às urnas 3.000. A gente sabe que perto da imensidão que é o Corinthians, é um universo pequeno, concordo. Só que para tornar a torcida com direito a voto é uma discussão muito ampla, tem conselho, assembleia. Pode ser que no futuro isso passe a acontecer. Mas de imediato, acho dificil."

CARA DA NOVA GESTÃO
"Cada um tem um perfil. Ninguém é melhor ou pior. Cada um tem um jeito de trabalhar. Eu acho que muito trabalho, eu gosto de trabalhar bastante. Eu tenho bastante responsabilidade no que faço, gosto de trabalhar e fazer as coisas acontecerem. A gente sabe das dificuldades, mas não podemos esquecer que o Corinthians não é só futebol. Muita gente acha que é só futebol, isso aqui é uma empresa grande, tem contas a receber e a pagar todo dia. É uma preocupação diária, com todos os assuntos."

ARENA CORINTHIANS E CIDs DA PREFEITURA
"Lembrando que a prefeitura nos prometeu os CIDS desde a época da inauguração do estádio. Que é um valor de 420 milhões, depois ficou a promessa de ser pago depois da Copa, a copa já acabou e a prefeitura ainda não nos deu. Isso faz com que cada dia que a prefeitura deixa de nos dar o CID a nossa divida aumenta um pouquinho. Pessoal da prefeitura vamos resolver por que eu acho que já passou da hora."

NAMING RIGHTS
"Vale lembrar que começamos a busca pra vender o nome do estádio desde o primeiro caminhao de areia. Esse negocio não foi feito ainda não por causa do Corinthians, algumas empresas acabaram mudando. A gente sabe que a economia mundial atravessa um momento dificil. A gente tambem encontra dificuldade pra negociar o nome do estádio. Estamos trabalhando bastante, não estamos de braço cruzado com relação a isso, eu acho que num futuro bem proximos estaremos anunciando. Tem duas empresas que estamos conversando e até agora não chegamos em valores. Estamos definindo as marcas, o que fazer. Não é só o nome, temos outras coisas que se negociam junto. Pode ser que em breve tenhamos isso definido. Os CIDS é uma lei que foi aprovada na Zona Leste. Qualquer investimento feito na ZL você teria um percentual aplicado. Pelo valor do estádio teriamos direito a 420 milhões. São títulos da prefeitura negociaveis no mercado."

CORINTHIANS NA LIBERTADORES 2015
"Deus queira que seu amigo tenha razao. Eu torço também. Agora afirmar eu não consigo, mas vamos trabalhar pra isso. O grupo é bem qualificado, tem técnica pra chegar ao título, sim."

TITE X MANO MENEZES
"O Tite na realidade conquistou toda a torcida com a sua maneira de ser, com o respeito que ele tem a todos. E também pelos resultados alcançados em campo. Todos os titulos mais importantes foram conquistado por ele. Como presidente, estou muito feliz com o Tite conosco e mais feliz ainda pelo seu trabalho. Na minha opinião é perfeito."