icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2014
11:45

O presidente do Olympique de Marselha, Vincent Labrune, foi detido nesta terça-feira por suspostas irregularidades financeiras envolvendo a transferência do atacante Gignac, ocorrida em 2010.

Uma investigação será feita para averiguar se houve distribuição de "comissões ilícitas" aos personagens envolvidos na negociação. Além do presidente, o diretor-geral, Philippe Perez, e dois ex-mandatários do clube francês, Pape Diouf e Jean-Claude Dassier, também foram detidos pela polícia local.

A notícia da prisão de Labrune vem no momento em que o Olympique lidera o Campeonato Francês, com 28 pontos. Gignac, pivô involuntário do imbróglio, é o vice-artilheiro da competição, com dez gols marcados.