icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/12/2013
17:34

O presidente do Atlétio-MG, Alexandre Kalil, já está em solo marroquino. O homem forte do Galo chegou ao país na tarde deste sábado e comentou sobre a proposta milionária recebida por Cuca. O próprio técnico já havia declarado que Kalil já está ciente do assunto, mas, assim como o comandante, quer deixar para conversar sobre isso somente após o fim do Mundial de Clubes, no qual a equipe disputa a semifinal na próxima quarta, contra os anfitriões do Raja Casablanca.

- Vamos conversar. Ainda não sei. Tem que ter calma. Ele que vai decidir. É uma engrenagem importantíssima, mas é uma engrenagem de uma estrutura inteira. Não tem muita aflição. Temos que focar. Estamos a uma semana de uma coisa mais importante que é o título. Depois teremos a eternidade para resolver o problema do Cuca - pontuou Kalil.

MAIS:
> Cuca admite proposta milionária e tentadora da China
> Treinador avalia Casablanca, primeiro adversário do Galo

Especula-se que a oferta do Shandong Luneng para Cuca gira na casa de R$1 milhão por mês. A equipe do atacante brasileiro Vágner Love poderia representar a independência financeira do treinador, há dois anos e meio no Galo. No time mineiro, Cuca levantou as taças de campeão mineiro de 2012 e 2013, além da Libertadores de 2013, e ainda pode encerrar sua passagem pelo clube com o maior feito em todos os 105 anos da instituição.