icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/03/2014
16:01

Às vésperas do clássico diante do Avaí, o presidente da Chapecoense, Sandro Pallaoro, demonstrou sua irritação com o fato do rival conseguir efeito suspensivo para todos os envolvidos em uma confusão diante do Figueirense:

- Nós tivemos um caso no passado. O Souza sequer foi colocado em súmula em lance contra um atacante do Figueirense, e foi punido por 30 dias. Tentamos o efeito suspensivo e não conseguimos. Agora, uma agressão, soco e tudo, e punições de seis, sete, oito jogos, eles conseguem um efeito suspensivo. É mais uma indignação, mais um episódio triste que acontece no campeonato estadual, onde a justiça pune e o efeito suspensivo absolve.

Marquinhos, Eduardo Costa, Eduardo Neto e Roberto estarão em condições de jogo para encarar a Chape, quinta-feira, às 19h30, na Ressacada, pela rodada inicial do Hexagonal Final do Catarinense. O campeão da competição estará classificado para a Copa do Brasil e a Série D do Brasileirão, enquanto os dois últimos cairão para a Série B do Estadual.