icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/04/2014
10:58

Apesar do aval da UEFA para a escalação do goleiro belga Courtois pelo Atlético de Madrid contra o Chelsea, pelas semifinais da Liga dos Campeões, o presidente colchonero, Enrique Cerezo, não deu como certa a presença do jogador.

Há uma cláusula no contrato de empréstimo de Courtois ao Atlético que puniria os espanhóis em 6 milhões de euros caso o atleta enfrentasse os Blues, medida esta vetada pela UEFA. Cerezo, no entanto, parece disposto a honrar o compromisso com o atual rival.

- Não sei quantas vezes vou ter repetido. Courtois é jogador do Chelsea. Estamos tentando que nos cedam por outra temporada. Creio que terminará jogando contra eles, mas apenas se chegarmos a um acordo com o Chelsea. Somos cavalheiros e cumprimos com tudo o que firmamos - disse o mandatário no domingo, antes da partida contra o Getafe, pelo Campeonato Espanhol.

Mesmo com o aval da entidade europeia, o presidente não se mostrou seguro, e deixou incerteza sobre a escalação de Courtois. Cerezo também revelou que Aranzubia será o provável substituto.

- Não sei (se Courtois jogará). Acho que jogará, mas porque haverá um acordo entre ambas as partes. Se não jogar, restará a Aranzubia fazê-lo.

Os confrontos entre ingleses e espanhóis por um lugar na final europeia - este ano em Lisboa - serão nos próximos dias 22 e 30 de abril. O primeiro jogo será no Vicente Calderón, em Madri.