icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/04/2014
14:21

Em evento com a presença do Rei Pelé, o Santos e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) assinaram na manhã desta sexta-feira um contrato de parceria até 2016. Assim como com o Barcelona (ESP) em anos anteriores, o logo do órgão ficará estampado no centro da camisa do Peixe, só que apenas por dois jogos. Até o fim do acordo, a marca ficará próxima ao colarinho do uniforme.

O restante das ações em parceria que serão feitas entre o clube e a Unicef ainda serão discutidas em futuras reuniões.

- O âmago da questão é que o Santos vai divulgar todas as ações da Unicef, vamos envolver nossos parceiros, com mais captação de recursos para a Unicef fazer o maravilhoso trabalho de defesa a criança e ao adolescente - disse Odílio Rodrigues, presidente em exercício do Santos.

Uma lembrança durante a assinatura do contrato, foi que o ídolo alvinegro e também embaixador da Unicef, Pelé, fez menção às crianças quando marcou seu milésimo gol. Ele disse em sua primeira declaração que o Brasil deveria se atentar mais à infância e a juventude do país.

Em sua fala a respeito da parceria, o Rei do Futebol se emocionou e lembrou de sua chegada na Vila Belmiro.

- O Santos sempre foi uma equipe que se preocupou com as crianças, com os mais jovens. Eu cheguei aqui com 10, 12 anos, e com 15 fiz o contrato - afirmou.

Além dos representantes, ídolos da década de 60, como Pepe, Coutinho, Mengálvio, Abel e Dorval estiveram presentes. Além do capitão Edu Dracena, que vestiu a camisa que será usada no jogo de sábado, contra o Coritiba, às 18h30, no Couto Pereira.