icons.title signature.placeholder Luiz Fernando Gomes
24/06/2014
16:56

O técnico demissionário da seleção italiana, Cesare Prandelli, atribuiu à expulsão de Marchisio como fator preponderante para a derrota para o Uruguai por 1 a 0, resultado que eliminou a Azzurra da Copa do Mundo ainda na primeira fase da Copa do Mundo.

- O jogo estava forte, jogado entre homens. Não havia tido jogadas desleais, não era necessário aquele cartão vermelho - lamentou o treinador.

Segundo Prandelli, houve dois jogos na Arena das Dunas: antes e depois da saída de Marchisio. O treinador disse, no entanto, que o jogo fundamental para a desclassificação italiana foi a derrota para a Costa Rica, também por 1 a 0, na sexta-feira passada:

- Havia equilíbrio antes disso. Estávamos controlando a bola e fazendo o que foi proposto. Após a expulsão tentamos conter, segurar. Eles são muito bons nos contra-ataques e têm velocidade.

Perguntado sobre como via a participação de Balotelli no jogo e no Mundial, Prandelli respondeu de forma sucinta:

- Mario Balotelli fazia parte do meu projeto técnico. E o projeto técnico fracassou.