icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/07/2013
12:28

O Porto foi protagonista de seis das 100 maiores vendas de jogadores da história do futebol, recebendo nelas 239 milhões de euros (R$ 697,3 milhões). A conclusão é de relatório feito pela empresa Pluri Consultoria.

Tais transações foram as vendas de Hulk para o Zenit, em 2012, por 55 milhões de euros (R$ 160,4 milhões), Falcao García para o Atlético de Madrid, em 2011, por 47 milhões de euros (R$ 137,1 milhões), James Rodríguez para o Monaco neste ano, por 45 milhões de euros (R$ 131,3 milhões), Anderson para o Manchester United, em 2007, por 31,5 milhões de euros (R$ 91,9 milhões), Ricardo Carvalho para o Chelsea, em 2004, por 30 milhões de euros, mesmo valor pago pelo Real Madrid para contratar Pepe em 2007.

Há ainda três clubes brasileiros na lista dos maiores vendedores: São Paulo, Santos e Internacional. O São Paulo é o 20º, arrecadou 72 milhões de euros (R$ 210 milhões) com as saídas de Lucas para o PSG e de Denilson para o Betis em 1999. O Santos é o 24º, com a saída de Neymar para o Barcelona por 57 milhões de euros (R$ 166,3 milhões). O Internacional é o 38º colocado com a saída de Oscar para o Chelsea por 32 milhões de euros (R$ 93,3 milhões).

O Porto foi protagonista de seis das 100 maiores vendas de jogadores da história do futebol, recebendo nelas 239 milhões de euros (R$ 697,3 milhões). A conclusão é de relatório feito pela empresa Pluri Consultoria.

Tais transações foram as vendas de Hulk para o Zenit, em 2012, por 55 milhões de euros (R$ 160,4 milhões), Falcao García para o Atlético de Madrid, em 2011, por 47 milhões de euros (R$ 137,1 milhões), James Rodríguez para o Monaco neste ano, por 45 milhões de euros (R$ 131,3 milhões), Anderson para o Manchester United, em 2007, por 31,5 milhões de euros (R$ 91,9 milhões), Ricardo Carvalho para o Chelsea, em 2004, por 30 milhões de euros, mesmo valor pago pelo Real Madrid para contratar Pepe em 2007.

Há ainda três clubes brasileiros na lista dos maiores vendedores: São Paulo, Santos e Internacional. O São Paulo é o 20º, arrecadou 72 milhões de euros (R$ 210 milhões) com as saídas de Lucas para o PSG e de Denilson para o Betis em 1999. O Santos é o 24º, com a saída de Neymar para o Barcelona por 57 milhões de euros (R$ 166,3 milhões). O Internacional é o 38º colocado com a saída de Oscar para o Chelsea por 32 milhões de euros (R$ 93,3 milhões).