icons.title signature.placeholder Caio Carrieri
18/07/2014
16:28

O processo de plantio do gramado do Allianz Parque, nova casa do Palmeiras, terminou na manhã desta sexta-feira, mas o campo de jogo só estará em condições ideais para ter bola rolando no mínimo em dois meses. Ou seja, além das obras na arena, o passo a passo recomendado para o "tapete" ficar pronto indicam que o Verdão passará seu aniversário de 100 anos, em 26 de agosto, sem atuar no tão esperado novo lar.

A grama começou a ser instalada com atraso no último sábado, depois da carreta que trouxe o material do Rio Grande do Sul chegar a São Paulo quase um dia depois do previsto. De origem americana e utilizado em estádios de futebol americano e para a prática de golfe, o gramado era cultivado há mais de um ano em Santo Antônio da Patrulha (RS).

- São necessários entre 60 e 90 dias para que o terreno fique apto para a prática de futebol. São feitas adubações semanais e outros trabalhos para a grama se recuperar do stress do plantio - declarou ao LANCE!Net André Amaral, gerente de operações da World Sports, empresa responsável pela tarefa e que presta serviço para estádios usados na Copa do Mundo, como Arena Pantanal, Arena das Dunas e Arena Corinthians.

A tendência é que em no máximo em 20 dias a coloração do "tapete" fique homogênea. Antes disso, o campo deve receber a base das traves, que só serão colocadas em dias que antecedem as partidas. A medida será adotada para facilitar as tarefas de manutenção.

De alumínio, com a rede tipo "caixa" e com hastes de sustentação no alto, os "três paus" serão do mesmo modelo que foram utilizados nos 12 estádios e nos centros de treinamento da Copa do Mundo no Brasil.

As obras no estádio do Palmeiras estão em sua reta final e 92% concluídas. A construtora alega que o Allianz Parque estará pronto em agosto, embora ainda existam muitas áreas sem acabamento no local. As cadeiras, também, estão em processo de instalação.

Gramado sob iluminação no Allianz Parque (Foto: World Sports/Divulgação)