icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/02/2015
08:14

O zagueiro Piqué concedeu uma longa entrevista à rádio Cadena Cope, e falou sobre diversos assuntos. Entre os principais está a já famosa briga entre Luis Enrique e Messi, logo após a derrota contra a Real Sociedad, em que o argentino e Neymar ficaram no banco. O espanhol confirmou que o clima esquentou, mas garantiu que é uma situação que acontece.

- Luis Enrique manda mais que Messi, obviamente. É o treinador, o chefe, ainda que Messi tenha muito peso no vestiário. Não existe um vestiário sem discussão. Luis Enrique e Messi discutiram, mas é um assunto do passado e não é para falar mais. A relação com Luis Enrique sempre foi boa e cordial - disse Piqué, que deu ainda sua opinião sobre a questão de Neymar poder superar Messi no futuro:

- Messi é o melhor da história. Se Neymar vai superar um dia? Não sabemos. Mas são dois dos três ou cinco melhores do mundo.

Piqué é amigo dos dois craques (Fotos: AFP)

Piqué é um dos poucos "sortudos" que teve a oportunidade de jogar com Cristiano Ronaldo e Messi. Além disso, nutre amizade com ambos. Mas na hora de falar sobre quem gosta mais, não ficou em cima do muro.

- Com Cristiano tive um relação muito boa no Manchester United, mas passei quase a minha vida toda com Messi e é uma das pessoas mais importantes da minha carreira, graças a ele ganhei tudo o que ganhei. E é fantástico como pessoa... Ficaria com Leo.

Piqué falou também sobre o seu futuro. Nas últimas janelas o seu nome foi muito falado na imprensa para um retorno à Inglaterra, e talvez para o Manchester United. Porém, em boa fase, garante que não pretende sair.

- Cada vez mais amo esta profissão e gostaria de exercer por mais anos. Hoje posso dizer que vou me aposentar aqui no Barça, seja no fim deste ano ou dentro de seis. Não vou jogar em outro clube - garantiu.