icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo e Marcio Porto
26/06/2014
08:00

A Copa das Copas, como tem sido chamado o Mundial no Brasil, pode também ser a do vexame asiático. Sem nenhuma vitória até o momento, o continente tem na modesta Coreia do Sul a última chance de não sair zerado. Os coreanos enfrentam a Bélgica nesta quinta-feira, às 17h, na Arena Corinthians.

Em 11 jogos até o momento, incluindo os dois da Coreia pelo Grupo H, as seleções asiáticas só decepcionaram. Como a Austrália, da Oceania, disputa as eliminatórias pela AFC (Confederação Asiática de Futebol), são oito derrotas e três míseros empates. Detalhe: todos ficaram na lanterna dos grupos.

O possível vexame é ainda maior se levado em conta que a última vez que os asiáticos passaram em branco foi na Copa de 1990, na Itália, há distantes 24 anos.

Neste meio tempo, a própria Coreia proporcionou a maior alegria ao continente, com o quarto lugar no Mundial de 2002, em que sediou em parceria com o Japão.

Talvez por isso a mídia coreana venha classificando uma vitória hoje como um “milagre”. Ainda com chances de ir às oitavas, a seleção do técnico Hong Myungbo tem de vencer, torcer por empate ou vitória da Rússia no duelo contra a Argélia e descontar o saldo.

A Coreia entra na rodada com menos dois, a Rússia com menos 1 e a Argélia com um a favor. A Bélgica, com seis pontos, está garantida e deve ficar com o primeiro lugar.

Capitão da Coreia no milagre de 2002, Myungbo destacou a diferença de preparação física dos asiáticos para os demais como responsável pelos maus resultados.

– Os jogadores estão melhorando, mas a Copa é bem difícil desta vez. A diferença física é muito grande em relação ao futebol asiático. Temos talento, mas os resultados não são bons. Temos de pensar em um momento de transição, de virada – declarou o coreano.

ASIÁTICOS EM COPAS

Sem vitória
A primeira participação de uma seleção asiática na Copa foi em 1954, na Suiça. A Coreia do Sul perdeu os dois jogos que fez. Isso se repetiu com Irã, em 1978, Kuwait, em 1982, Coreia do Sul e Iraque, em 1986, e Emirados Árabes Unidos e Coreia do Sul, em 1990.

......................

Em 2014
A filiada Austrália perdeu seus três jogos no Grupo B, o Japão empatou um e perdeu dois no C, Irã empatou um e perdeu dois no F e Coreia do Sul empatou um e perdeu um no H.