icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
06/02/2015
22:44

O Limeira segue firme na luta pela busca da liderança no NBB 7. O time comandado pelo técnico Dedé Barbosa conquistou uma vitória importante, nesta sexta-feira, diante do São José/Unimed, por 77 a 73, em pleno Ginásio Lineu de Moura.

Após um primeiro tempo disputado num ritmo acelerado, os limeirenses deixaram o São José virar e colocar oito pontos de vantagem no início do terceiro quarto (47 a 39). No entanto, os atuais vice-líderes da competição nacional atuaram muito bem nos momentos finais para sair de quadra com a vitória.

O ala David Jackson, uma das principais referências da equipe, não atuou porque foi aos Estados Unidos resolver motivos particulares. Mesmo assim, os limeirenses se superaram e mostraram toda a qualidade do elenco, que se mantém na segunda colocação do NBB, com uma campanha de 18 vitórias em 21 jogos (85,7% de aproveitamento).

- Essa vitória mostrou a força dessa equipe, que mesmo sem o Jackson, conseguiu uma vitória importantíssima fora de casa. O Matheus Dalla se superou, começando de titular, o Teichmann retornou de um lesão complicada e se destacou também. - Estamos focados para recuperar a liderança do NBB e vamos fazer de tudo para chegar lá. - comemorou Rafael Mineiro.

O ala/pivô Rafael Mineiro foi o cestinha do Limeira no jogo com 18 pontos, seguido pelo armador dominicano Ronald Ramon e o pivô norte-americano Chris Hayes, que anotaram 15 pontos cada.

A derrota do São José deixa a equipe abaixo dos 50% de aproveitamento na temporada 2014/2015 do NBB, com 10 vitórias em 21 jogos (47,6%).

- Foram dois tempos distintos. No primeiro, acabamos não conseguindo sair da pressão de Limeira, mas na volta para o segundo o time teve um ótimo momento, principalmente no terceiro quarto. - analisou Drudi, cestinha do time ao lado de Caio Torres, com 14 pontos.

- Infelizmente, nos momentos finais, prevaleceu a força do Limeira, que não é um dos líderes do NBB à tôa. - finalizou o pivô.

LIMEIRA VENCE FORA

Mesmo desfalcado do MVP da última temporada, o Limeira começou o jogo melhor e abriu 4 a 0 no placar. Explorando o jogo no garrafão com o pivô Caio Torres, o São José equilibrou a partida, mas a forte defesa e o contra-ataque rápido dos limeirenses fizeram a diferença no primeiro quarto.

Com boas atuações de Rafael Mineiro e cestas de 3 importantes de Ronald Ramon e Matheus Dalla, o time visitante fechou a etapa inicial na liderança por 21 a 17.

O segundo quarto pegou fogo, tendo ambas as equipes jogando duro na defesa e obrigando o adversário a forçar o jogo no ataque. Os limeirenses levaram vantagem ao conseguir encaixar uma marcação quadra inteira pressionada, que os possibilitou colocar nove pontos de diferença (37 a 28). Os joseenses, no entanto, conseguiram uma jogada importante no estouro do cronômetro, quando Dedé acertou uma bandeja, sofreu a falta e acertou o lance-livre de bonificação, para diminuir a vantagem para somente seis pontos antes do intervalo (39 a 33).

Na volta para o terceiro quarto, os joseenses tiveram um desempenho excelente nos dois lados da quadra. Na defesa, deixaram o adversário sem pontuar por cinco minutos. E no ataque, embalaram uma sequência de 14 a 0 para virar o jogo e liderar por 47 a 39.

O mau momento estimulou a equipe de Limeira, que após fazer a primeira cesta do período com o ala Matheus Dalla, também encaixou uma boa sequência para diminuir a diferença para apenas um ponto (47 a 46). Só que os joseenses ganharam uma confiança muito grande e voltaram a abrir vantagem no final da etapa, 59 a 51.

O São José continuou vivendo um bom momento no início do último quarto. Jimmy Baxter e Andre Laws comandavam a ofensiva joseense. Porém, após um cesta de 3 seguida de falta, um lance para quatro pontos de Ronald Ramon (66 a 64), o Limeira ganhou muita moral e foi em busca da reação.

Foi Ramon novamente que conseguiu a virada para Limeira. Após roubar a bola na defesa, partiu para o contra-ataque e anotou uma bandeja que colocou os limeirenses de volta à liderança (70 a 68).

O confronto se manteve equilibrado e foi decidido nos momentos finais. Faltando 40 segundos, o Limeira vencia por dois pontos (75 a 73) e o São José desperdiçou a chance de empatar o jogo com um erro de Drudi. No ataque seguinte, Nezinho sofreu a falta e foi para os lances livres. O armador acertou os dois e, praticamente, selou a vitória da equipe visitante.