icons.title signature.placeholder Daniela Caravaggi
07/04/2014
13:14

O ex-jogador Pelé foi homenageado nesta segunda-feira com o lançamento do projeto em parceria com a empresa Brilho Infinito que irá comercializar 1.283 diamantes feitos a partir de seu cabelo, representando cada gol de sua carreira. A ideia é eternizar o ídolo. Na coletiva de imprensa para a divulgação da novidade, o eterno rei do futebol falou de Santos, Copa do Mundo, Seleção Brasileira e Neymar.

Perguntado se o camisa 11 do Barcelona está preparado para assumir a responsabilidade da equipe, Pelé foi enfático e disse que o time não depende só de Neymar. Além disso, o ex-jogador afirmou que, pela primeira vez na história, ele vê que a defesa da Seleção Brasileira é melhor que o ataque.

- Não é só o Neymar que vai ganhar o Mundial. Precisamos ter uma equipe bem montada. Pela primeira vez que vejo na história do futebol brasileiro que a defesa é melhor que o ataque. É a melhor defesa que já vi jogar. Apesar de achar que é a melhor equipe individualmente falando. O Brasil está com dificuldade de acertar o meio de campo para frente. Não podemos colocar a responsabilidade de vencer em cima dele - disse.

Pelé comentou também a ida de Neymar ao Barcelona, classificando como a melhor coisa que poderia ter acontecido para o jogador e para o Brasil:

- O Neymar tinha grandes dificuldades de jogar em pé. Muitos até utilizavam o termo "cai cai" para falar dele. Conversei várias vezes pessoalmente com ele disso junto com o Edinho (supervisor do Santos), que ele não precisava cair porque ele era craque. A saída dele foi a melhor coisa que aconteceu nesses últimos meses, foi a melhor coisa para a Seleção. Ele evoluiu muito. Hoje ele é um jogador quase pronto.