icons.title signature.placeholder Bruno Andrade e Guilherme Cardoso
04/11/2013
15:48

O maior futebolista brasileiro de todos os tempos resolveu entrar na polêmica envolvendo Diego Costa. Diferentemente da posição da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Pelé entendeu a opção do atacante do Atlético de Madrid (ESP), que preteriu a Seleção Brasileira para defender a seleção espanhola.

- Tem de respeitar ele (Diego Costa). Ele tentou explicar que ninguém na Seleção tinha percebido ele tempos atrás. Ele teve coragem. Entendo a decisão dele - declarou Pelé, nesta segunda-feira à tarde, durante evento em São Paulo.

- Nós, que estamos no Brasil, achamos que ele deveria ter optado pela Seleção Brasileira. Mas isso é uma questão de ponto de vista. Ele poderia nem ser o titular do nosso ataque, poderia ser mais um. Se ele acha que foi desprestigiado, a atitude dele foi correta - complementou.

L!TV:
> Diego Costa faz golaço no Campeonato Espanhol

A Federação Espanhola divulgou na última semana que Diego Costa assinou um compromisso de defender a Fúria. O jogador, que havia sido convocado pelo Brasil para os amistosos contra Honduras e Chile, foi desconvocado por Felipão.

OSCAR SEGUE PELÉ

Oscar Schmidt, ex-jogador de basquete, concordou com a opinião de Pelé. Para o maior atleta da modalidade no país, Diego Costa só teria sido convocado pela Seleção após o interesse espanhol.

- Ele foi valorizado e apoiado na Espanha. Ele está certíssimo. Ele tem que fazer as coisas pelo país que deu tudo para ele. O Brasil, talvez, convocou ele porque a Espanha também convocou - afirmou.