icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/04/2014
19:12

Diante da má-fase e das críticas da torcida, principalmente após a derrota do último domingo para o Corinthians, o diretor executivo de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe, afirmou que o time rubro-negro é mediano e que o clube não irá contratar jogadores que não dê para pagar - dando o exemplo do volante Elias, que foi para o Timão -, continuando na doutrina de apostas realizadas desde o início da gestão, no início do ano passado, com a pregada austeridade financeira. Entretanto, no fim de 2012, o vice de futebol, Wallim Vasconcellos, afirmara que jogador mediano não teria mais lugar na Gávea.

- O Flamengo tem um time médio, mediano, e temos consciência disso. Temos um time médio. E dentro da realidade nossa financeira. A diretoria não vai iludir o torcedor, não vamos fazer loucura, nós não vamos contratar jogadores que não dá para pagar. Chegamos ao teto do Elias, no momento que passou esse teto saímos da conversa. Essa é a realidade do Flamengo - afirmou Pelaipe, nesta segunda-feira, em entrevista à Rádio Globo.

MAIS FLAMENGO:
> Prejuízo milionário! L!Net mostra valores pagos pelo Fla para ter Carlos Eduardo
> Camisa do Flamengo fica 'escondida' na loja da Adidas em Paris
> Primeiro ano de Bandeira de Mello no Flamengo termina no negativo

- Jogador mediano não tem mais lugar na Gávea. Agora é só jogador de qualidade. Podem ter certeza que vamos vibrar juntos e que 2013 será muito diferente - disse Wallim Vasconcellos ao blog Nivinha Fla, no fim de 2012.

Assista à declaração de Wallim sobre os reforços do Flamengo

Vale destacar que o Flamengo, para a disputa do Campeonato Brasileiro, contratou apenas o zagueiro Marcelo, ex-Volta Redonda, e o atacante Arthur, ex-Londrina. Os dois devem estar à disposição do técnico Jayme de Almeida já na partida contra o Palmeiras, no próximo domingo.