icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2014
13:33

O Clermont Foot, da Ligue 2 (Segunda Divisão da França), tentará pela segunda vez entrar para a história. Após anunciar Helena Costa como treinadora e ter o cargo recusado de última hora pela portuguesa, o clube escolheu Corinne Diacre para o comando técnico da equipe. A nova treinadora, de 40 anos, será a primeira mulher a dirigir um time de futebol masculino profissional do país.

A atual comandante do Clermont é ex-atleta, e chegou a atuar em 121 partidas pela seleção francesa, além de trabalhar como treinadora no futebol feminino desde 2007. Diacre, porém, não demonstra sentimento especial pelo feito, e se coloca como qualquer profissional do mercado.

- Não é um orgulho para mim. Não vejo assim. Sou só uma treinadora a mais. Afinal, a única coisa que importa são os resultados - disse, ao jornal espanhol "El País".

Diacre também criticou os que avaliam o futebol feminino em patamar diferente em relação ao masculino. A francesa defendeu que, "salvo a sensibilidade", não há diferenças entre treinadores e treinadoras.

- Os que pensam que o futebol feminino não é equiparável ao masculino demonstram que não aprenderam nada neste esporte. Não há nenhuma diferença entre um treinador e uma treinadora, salvo a sensibilidade. O trabalho segue sendo o mesmo.

Com novidade no banco de reservas, o Clermont inicia a campanha na segundona francesa no próximo dia 4 de agosto, fora de casa, contra o Brest. Na última edição do Nacional, a equipe terminou na 14ª colocação na tabela.