icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/04/2014
19:05

Pelo terceiro jogo seguido contra o Cruzeiro, o Atlético-MG saiu de campo sem ser vazado, mas novamente não conseguiu marcar sobre o Cruzeiro e terminou o Campeonato Mineiro como vice-campeão. Questionado sobre a postura ofensiva abaixo do esperado no clássico decisivo do Estadual, Paulo Autuori mostrou confiança no potencial de atletas que podem render mais, como Ronaldinho Gaúcho.

- A equipe em termos defensivos tem se comportado bem. Hoje precisávamos sair. No primeiro tempo nós erramos, ofensivamente poderiamos render mais, mas temos jogadores de qualidade, que dão a certeza de que quando recuperar a melhor forma e confiança são acostumados a decidir - comentou o técnico, fazendo um balanço da partida e ressaltando o espírito de luta dos jogadores.

- Foi um jogo normal, ainda mais elétrico que o primeiro. As equipes se propuseram a jogar. Falei com os jogadores, da maneira com que lutaram, se não fizeram mais foi porque não puderam e isso a gente reconhece. O importante foi o espírito que a equipe mostrou para disputar títulos.

Sobre o lance polêmico com o atacante Jô, Autuori preferiu se esquivar da situação.

- A arbitragem já foi falada, o Kalil ja comentou, mas na minha opinião já ficou claro. Não vou tirar a meu foco do meu trabalho e minha maneira de ser para comentar sobre arbitragem. Existem responsáveis para comentar sobre isso - completou.

Cruzeiro comemora título mineiro depois de clássico sem gols