icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/03/2014
21:55

Após a vitória por 3 a 0 sobre o Boa Esporte neste domingo, o treinador do Atlético-MG, Paulo Autuori, afirmou que a partida representou um de
seus melhores momentos desde que assumiu o comando técnico do Galo.

– O que essa equipe fez hoje me deixou muito feliz. Não foi um jogo fácil, claro que não. O Boa está na semifinal e está na próxima fase porque tem força. Mas o nosso jogo coletivo foi de qualidade e movimentação, de intensidade com e sem a bola. Parabéns a todos. Estou feliz demais. Quem esteve em campo jogou muito bem – elogiou ele, sem poupar adjetivos.

Argumentando que o jogo foi uma lição para o treinador, a imprensa e a torcida, uma vez que teria servido para mostar a força do elenco, Autuori parabenizou a atuação dos garotos Marion e Carlos. E tratou de encher a própria bola.

– Quando eu falo que trabalho para o clube é para isso: valorizar o que o clube faz bem, na base – se vangloriou o técnico.

LEIA MAIS:
> Alex é levado ao hospital após pancada e faz tomografia

GALERIA DE FOTOS:
> Confira as imagens da vitória do Galo no Horto

MORAL PARA ANDRÉ

Apesar de ter sido um dos poucos criticados pela torcida, o atacante André também ganhou um carinho especial de Paulo Autuori. O treinador disse que o seu grande desafio é pôr fim à rejeição do torcedor. E, para isso, deve trabalhar dobrado:

– Todos viram que André mandou bem. Cobriu os setores, abriu na direita quando o Neto Berola fechou pelo meio. Precisa ter força mental por causa da rejeição da torcida. Falo sempre com ele: depende de você para mudar isso.

Promessa brilha e Atlético-MG goleia o Boa Esporte