icons.title signature.placeholder Caio Carrieri
17/11/2013
15:34

Paulinho é jogador-símbolo do que a era Tite melhor apresentou nos últimos anos de muitas glórias no Corinthians: futebol dinâmico, moderno, de muita versatilidade e ancorado na força do conjunto que fez a alegria da Fiel com Mundial, Libertadores, Brasileiro e Paulista - o volante já estava no Tottenham (ING) quando o Timão faturou a Recopa Sul-Americana, em julho.

De Londres (ING), o jogador ainda acompanha o noticiário envolvendo seu ex-clube. Dessa maneira, soube pela internet que seu ex-treinador não permanecerá no Parque São Jorge na próxima temporada. E, por mensagens de celular, conversou com Tite e lhe foi grato pelos vitoriosos momentos vividos com a camisa alvinegra.

- Eu conversei com ele, porque ele me mandou uma mensagem desejando boa sorte nessas partidas da Seleção. Eu agradeço a ele pela oportunidade de ter trabalhado com ele e por ter me colocado para atuar com a camisa do Corinthians. O que ele ganhou ninguém vai apagar, porque foram grandes conquistas - declarou Paulinho durante evento da Gillette, em Miami (EUA), neste domingo, onde a Seleção goleou Honduras por 5 a 0, no sábado.

Paulinho também reservou a sua gratidão a Mano Menezes, sucessor de Tite e responsável por levá-lo do Bragantino ao Corinthians, ainda no primeiro semestre de 2010, depois do Campeonato Paulista.

- É um ótimo treinador, com uma capacidade muito grande. Foi com o Mano que eu cheguei ao Corinthians, foi ele que pediu a minha contratação. É um baita treinador, já conhece muito o clube e desejo todo o sucesso do mundo novamente no Corinthians - afirmou ao LANCE!Net.

O Brasil volta a campo nessa terça-feira, em Toronto (CAN), diante do Chile, no último amistoso da equipe de Luiz Felipe Scolari em 2013.

*O repórter viaja a Miami a convite da Gillette.