icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/02/2015
08:05

O Barcelona está apreensivo em relação ao seu patrocinador. O clube catalão, que tem parceria com a Qatar Foundation, que estampa a marca sua companhia aérea na camisa do time, pensa seriamente em não renovar o compromisso, com medo de que os "problemas sociais" do país do Oriente Médio atrapalhem a imagem do Barça. Por outro lado, a empresa pode aumentar sensivelmente o investimento.

Por enquanto, a empresa desembolsa 30 milhões de euros (R$ 94 milhões) por ano para estampar a Qatar Airways na camisa do Barcelona. Mas neste momento, a diretoria do Barcelona vê esse valor como baixo, já que outros clubes, como o Manchester United, têm contratos muito mais vantajosos.

Desta forma, para fazer o Barcelona "esquecer" os problemas sociais do país, a Qatar Airways pode dobrar o valor do patrocínio e chegar até os 60 milhões de euros (R$ 188 milhões) anuais, segundo o jornal "Mundo Deportivo".

Esta quantia pode ser o suficiente para convencer a diretoria do Barcelona. Porém, a IMG, empresa contratada para buscar um novo patrocínio a partir de junho de 2016, quando termina o atual contrato, já tem a determinação de procurar outra empresa disposta a pagar, no mínimo, este valor.