icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
01/07/2013
08:03

A contratação do lateral-esquerdo Alan ficou mais difícil para o Corinthians. O banco BMG, que compraria o atleta da Chapecoense para repassar ao Timão, recuou nas tratativas após escutar valores considerados altos, já que o contrato do jogador se encerra no fim de novembro deste ano.

Por outro lado, o Internacional passou à frente. Os gaúchos pretendem se desfazer de Fabrício, que joga na mesma posição de Alan, de 23 anos. Para isso, já deixou base salarial e tempo de contrato acertados com o agente do atleta, que pretende esperar seu vínculo com o time de Chapecó acabar, antes de decidir seu destino.

Questionado sobre a contratação, o técnico Tite não negou o interesse, mas preferiu não falar sobre o assunto que, segundo ele, é da diretoria. O treinador fez o primeiro contato pelo jogador, quando ligou para Gilmar Dal Pozzo, que era seu goleiro no Caxias e hoje treina o lateral-esquerdo.

- Eu gosto de falar de quem está aqui. Não entro no meio da negociação, da especulação. Deixo para a diretoria - se limitou a dizer o comandante alvinegro.

Alan jogou o Campeonato Gaúcho deste ano pelo Juventude. De lá, foi para a Chapecoense, onde se descata na disputa da Série B com gols e assistências.

A contratação do lateral-esquerdo Alan ficou mais difícil para o Corinthians. O banco BMG, que compraria o atleta da Chapecoense para repassar ao Timão, recuou nas tratativas após escutar valores considerados altos, já que o contrato do jogador se encerra no fim de novembro deste ano.

Por outro lado, o Internacional passou à frente. Os gaúchos pretendem se desfazer de Fabrício, que joga na mesma posição de Alan, de 23 anos. Para isso, já deixou base salarial e tempo de contrato acertados com o agente do atleta, que pretende esperar seu vínculo com o time de Chapecó acabar, antes de decidir seu destino.

Questionado sobre a contratação, o técnico Tite não negou o interesse, mas preferiu não falar sobre o assunto que, segundo ele, é da diretoria. O treinador fez o primeiro contato pelo jogador, quando ligou para Gilmar Dal Pozzo, que era seu goleiro no Caxias e hoje treina o lateral-esquerdo.

- Eu gosto de falar de quem está aqui. Não entro no meio da negociação, da especulação. Deixo para a diretoria - se limitou a dizer o comandante alvinegro.

Alan jogou o Campeonato Gaúcho deste ano pelo Juventude. De lá, foi para a Chapecoense, onde se descata na disputa da Série B com gols e assistências.