icons.title signature.placeholder Caio Carrieri
18/12/2013
08:02

O Palmeiras intensificou as negociações pelo meia Elano, do Grêmio, de 32 anos de idade. Segundo membros da diretoria gaúcha, o Verdão formalizou uma proposta e ofereceu um contrato de um ano para o atleta, por empréstimo – ele está vinculado ao clube do Sul até o fim de 2014 (depois, ficaria livre).

– O Palmeiras fez um contato conosco, de fato tem uma pretensão de montar um grande time no seu centenário. Mas tem questões financeiras. Estamos avaliando nossas questões, porque houve investimento do Grêmio no Elano – declarou Rui Costa, diretor gremista.

O camisa 7 da Seleção Brasileira na última Copa do Mundo recebe R$ 500 mil mensais no Rio Grande do Sul. Os altos vencimentos fazem o Grêmio querer negociar o meia para enxugar a folha salarial.

A diretoria do Verdão realiza tratativas para que o atleta aceite um ordenado menor, já que o clube tem finanças comprometidas.

Empresário do ex-santista, Giuliano Bertolucci diz que seu cliente está animado com a possibilidade de transferência. O meia aproveita as férias nos Estados Unidos ao lado da família.

O nome de Elano já foi aprovado e bastante elogiado por Gilson Kleina, que espera contar com grandes jogadores para dirigir a sua equipe no ano do centenário.

As cúpulas alviverde e tricolor estudam uma nova permuta de peças, como aconteceu em fevereiro, quando Barcos foi trocado por Vilson, Léo Gago, Rondinelly e Leandro.

– Temos uma relação muito boa com o Palmeiras, que nos permitiu trazer um jogador importantíssmo (Barcos) e ceder quase uma estrutura de time para eles. Brinco com o Brunoro, abrimos um portal. Falamos de jogadores, estive em São Paulo – acrescentou Rui Costa.

Essa operação gera críticas até hoje para Paulo Nobre e José Carlos Brunoro entre conselheiros e torcedores do Palmeiras.

O Verdão também tenta a contratação de Bruno César, do Al-Ahli (SAU) e Lucas Lima, do Internacional.