icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/03/2014
18:47

Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, convocou entrevista coletiva no fim da tarde desta quinta-feira para se pronunciar sobre a confusão na venda de ingressos para o clássico com o Santos, no domingo, na Vila Belmiro.

Depois de um funcionário do Avanti, programa de sócios-torcedores, relatar ter sido agredido e pacotes com dinheiro e bilhetes sumirem no meio da baderna, Nobre confirmou a agressão, mas afirmou que o clube está em posse dos envelopes.

- Os ingressos não foram roubados, nada foi roubado, que fique muito claro. Os ingressos estão com o Palmeiras, tanto quanto o dinheiro, tudo - declarou o presidente.

No meio da confusão, computadores, vidros e objetos foram destruídos. Como o sistema de comercialização foi danificado, o clube afirma não ter como contar o número de bilhetes vendidos, além de ter de suspender o serviço.