icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2013
19:00


A motivação para o São Paulo vencer o Corinthians nesta quarta-feira e conquistar o título da Recopa Sul-Americana é única: colocar fim à crise no clube, que passou por eliminações no estadual, na Libertadores, trocou de técnico e tem início ruim de Brasileirão. Para o atacante Osvaldo, o troféu do torneio seria o suficiente para mudar completamente o cenário.

- Vencer vai mudar muita coisa. Trazer a torcida de volta para o nosso lado, a confiança vai ressurgir. Ganhar título em cima do Corinthians, todos sabem que vai melhorar muito o ambiente. Ontem (segunda-feira) na concentração a gente só falava desse jogo, vamos dar algo a mais para conseguir esse título - afirmou Osvaldo em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT da Barra Funda.

O jogador sabe, também, que em caso de fracasso as cobranças serão ainda maiores:

- Se não vencer, a pressão vai aumentar ainda mais, ainda mais um rival como o Corinthians. Chega uma hora que tem que dizer "chega" - acrescentou.

Osvaldo não quis abrir os planos de Paulo Autuori para a decisão (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

O camisa 17 não quis dar pistas sobre o treino comandado nesta terça pelo técnico Paulo Autuori, fechado para a imprensa na primeira parte e aberto apenas após o início do rachão. Segundo Osvaldo, o treinador reuniu o elenco para uma conversa e pediu cautela no Pacaembu, nesta quarta, às 21h50.

- O Paulo teve uma conversa rápida com a gente. Ele deixou claro que a gente não pode sair no desespero, tem que ser compacto, achar os espaços. Corinthians fecha muito bem. Acho que não tem essa de esperar, duas grandes equipes é difícil uma ficar recuada esperando a outra, é mais a parte de compactar, não só a defesa, mas a gente do meio para a frente


A motivação para o São Paulo vencer o Corinthians nesta quarta-feira e conquistar o título da Recopa Sul-Americana é única: colocar fim à crise no clube, que passou por eliminações no estadual, na Libertadores, trocou de técnico e tem início ruim de Brasileirão. Para o atacante Osvaldo, o troféu do torneio seria o suficiente para mudar completamente o cenário.

- Vencer vai mudar muita coisa. Trazer a torcida de volta para o nosso lado, a confiança vai ressurgir. Ganhar título em cima do Corinthians, todos sabem que vai melhorar muito o ambiente. Ontem (segunda-feira) na concentração a gente só falava desse jogo, vamos dar algo a mais para conseguir esse título - afirmou Osvaldo em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT da Barra Funda.

O jogador sabe, também, que em caso de fracasso as cobranças serão ainda maiores:

- Se não vencer, a pressão vai aumentar ainda mais, ainda mais um rival como o Corinthians. Chega uma hora que tem que dizer "chega" - acrescentou.

Osvaldo não quis abrir os planos de Paulo Autuori para a decisão (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

O camisa 17 não quis dar pistas sobre o treino comandado nesta terça pelo técnico Paulo Autuori, fechado para a imprensa na primeira parte e aberto apenas após o início do rachão. Segundo Osvaldo, o treinador reuniu o elenco para uma conversa e pediu cautela no Pacaembu, nesta quarta, às 21h50.

- O Paulo teve uma conversa rápida com a gente. Ele deixou claro que a gente não pode sair no desespero, tem que ser compacto, achar os espaços. Corinthians fecha muito bem. Acho que não tem essa de esperar, duas grandes equipes é difícil uma ficar recuada esperando a outra, é mais a parte de compactar, não só a defesa, mas a gente do meio para a frente