icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/12/2013
18:25

O Barueri vai receber o Molico/Osasco nesta segunda-feira, às 19h, no Ginásio José Correia, pela 11ª rodada da Superliga Feminina. Embora visitante, o líder invicto da competição deverá ter casa cheia, já que as duas cidades são praticamente vizinhas.

As equipes só se enfrentaram uma vez até hoje, pela primeira fase do Campeonato Paulista. Estreante na temporada, o Barueri foi derrotado pelo atual vice-campeão nacional por 3 a 0. Mesmo com o pouco tempo de existência do duelo, a proximidade entre os municípios já é suficiente para acirrar a rivalidade, na opinião da central Adenízia.

– Cada jogo é uma motivação diferente. Osasco e Barueri são cidades muito próximas e será um clássico com rivalidade do começo ao fim – disse a quarta melhor bloqueadora da Superliga.

Com melhor campanha e maior eficiência na maioria dos fundamentos, o Molico carrega grande favoritismo. Mas há um setor em que a equipe da levantadora Fernandinha leva vantagem: a defesa. O time é o segundo colocado nas estatísticas, enquanto o time de Osasco aparece em quinto.

– Barueri é um time que não tem um grande orçamento, mas temos que nos preocupar porque possuem jogadoras muito boas tecnicamente. Diante de um rival que defende bem, precisamos ter paciência e estarmos conscientes que podemos atacar várias vezes e a bola voltar para a nossa quadra – destacou a central Thaisa.

O Barueri vem de derrota para o Minas e está na sexta colocação. Ainda sem as presenças do trio de musas formado por Mari Paraíba, Luciane Escouto e Natasha Valente, que estão adquirindo a melhor forma física e técnica, as comandadas de Maurício Thomas busca a quinta vitória.