icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
26/03/2014
19:40

O orçamento do Fluminense para o ano 2014 foi votado e aprovado na noite desta terça-feira, pelo Conselho Deliberativo, no Salão Nobre do clube. Ao contrário das previsões otimistas de alguns dirigentes no início do ano, que chegaram a cogitar R$ 200 milhões de receitas, na prática, a frieza dos números não é assim tão positiva. A tendência é de que R$ 99 milhões entrem nos cofres e R$ 135 milhões sejam gastos, acumulando um déficit de cerca de R$ 36 milhões no fim do ano.

A maior parte das despesas do Tricolor é com o departamento de futebol, que corresponde a R$ 81 milhões do valor total previsto. Outros R$ 11 milhões devem ser gastos com o Clube Social e R$ 6 milhões na área dos Esportes Olímpicos.

Maior crítica dos opositores à atual gestão, a soma do total dos salários gastos com funcionários contratados na condição de Pessoas Jurídicas chega à casa de R$ 10 milhões na temporada. Valor que é considerado alto por muitos no clube.