icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2014
15:06

O operário José Borges do Amor Divino trabalhou na reforma do Maracanã e ajudou a construir um capítulo da história do futebol, que terminou com a Alemanha conquistando o tetracampeonato mundial. Além de fazer parte da reforma do estádio carioca, José pôde assistir de perto a final no templo do futebol.

A convite da Brahma, uma das patrocinadoras oficiais da Copa do Mundo, o trabalhador assistiu à decisão entre Alemanha e Argentina na arquibancada do Maraca. Emocionado e surpreso, o flameguista José Divino vibrou a cada lance e celebrou bastante a vitória alemã.

- O “Flalemanha" foi campeão, né? (risos). Grande jogo, espetáculo que me deixou sem palavras. E eu, que ajudei a construir tudo isso. Meus netos vão ouvir essa história. E foi melhor por causa da vitória da Alemanha. Gostaria que fosse o Brasil, mas a Alemanha mereceu – disse Divino, agradecendo e fazendo referência ao uniforme reserva da Alemanha, parecido com o do Flamengo.

Durante o Mundial, o operário viu outro jogo no Maracanã. Também a convite da cervejaria, José acompanhou de perto a vitória da Bélgica sobre a Rússia, por 1 a 0, ainda na fase de grupos.

O trabalhador agradeceu a cervejaria pelo sonho realizado, de assistir uma final de Copa e espera voltar ao estádio para também acompanhar o seu time do coração.

- Eu sou pé-quente (risos). Foi um sonho realizado e agradeço a Brahma que o transformou em realidade – completou.