icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
04/02/2015
15:20

Se dependesse de Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, o Dérbi do próximo domingo - o primeiro da história no Allianz Parque - não teria corintianos nas arquibancadas. O dirigente fez esse pedido à Federação Paulista de Futebol, mas recebeu resposta negativa. A venda de ingressos será aberta ainda nesta quarta.

Se a exceção fosse aberta agora, haveria discussão em todos os outros clássicos paulistas. No fim do ano passado, o clube do Palestra Itália visitou a Arena Corinthians pela primeira vez e não houve nenhum grande incidente. O maior problema foi a depredação causada por palmeirenses no setor de visitantes, mas o Verdão assumiu os custos das cadeiras danificadas e, se os corintianos "derem o troco" domingo, os dirigentes alvinegros se comprometem a fazer o mesmo.

Preocupado com a possível retaliação de corintianos à morte de um membro da Gaviões da Fiel, em janeiro, o Ministério Público de São Paulo chegou a estudar possibilidade de também solicitar torcida única, mas está marcada para sexta-feira, às 11h, uma reunião entre a Polícia Militar e as torcidas organizadas dos dois clubes para a definição do esquema de segurança.

Serão disponibilizados cerca de 1.600 ingressos para o setor visitante: o preço é R$ 200. Por recomendação da Polícia, a área imediatamente acima do setor destinado aos corintianos ficará vazia, reduzindo a carga total de ingressos.