icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2014
00:30

Valdivia voltou da seleção chilena com uma pequena lesão muscular na coxa, mas ainda assim quis jogar na noite desta quarta-feira, segundo o presidente Paulo Nobre. O meia, de acordo com o mandatário, precisou ser convencido pelos médicos do clube de que o melhor era ficar fora da estreia da arena, que acabou com vitória por 2 a 0 do Sport.

– Ele queria muito jogar, inclusive os médicos tiveram trabalho para convencê-lo que não poderia jogar lesionado, porque poderia agravar a lesão e talvez prejudicar a sua participação no decorrer do campeonato – falou o dirigente do clube.

O Mago sempre disse que gostaria de jogar na abertura do Allianz Parque, e como capitão. O plano era de que o jogador atuaria na terça, contra o Uruguai, em amistoso do Chile, e depois voltaria a tempo de atuar em parte do confronto desta noite. Jorge Sampaoli, técnico de "La Roja", disse que o camisa 10 sentiu novamente dores no quadril após uma pancada e o poupou.

O exame realizado na tarde desta quarta, porém, constatou que há um problema muscular. Não há prazo estipulado para sua volta, mas ele pode ser desfalque no domingo. O meia é o principal jogador do time.