icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2013
17:43

O atacante Neilton, 19 anos, é apenas um garoto recém-promovido aos profissionais, mas já mostrou personalidade e decretou o favoritismo do Santos para o confronto decisivo contra o Crac, de Goiás, nesta quarta-feira, no jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

No jogo de ida, na Vila Belmiro, o Peixe ficou apenas no empate por 1 a 1. Para o duelo de volta, a equipe precisa de uma vitória simples ou por um empate, desde que marque ao menos dois gols. Nada, no entanto, que preocupe o jovem atacante alvinegro.

- O Crac surpreendeu a gente na Vila Belmiro. É um jogo decisivo, não podemos dar mole, senão os caras marcarão gols. É preciso atenção, mas o Santos é time grande e favorito para esse jogo - disse.

A delegação alvinegra embarca rumo à Catalão na terça-feira, às 9h. Pela tarde, realizarão treino físico em uma Associação, por volta das 16h.

O atacante Neilton, 19 anos, é apenas um garoto recém-promovido aos profissionais, mas já mostrou personalidade e decretou o favoritismo do Santos para o confronto decisivo contra o Crac, de Goiás, nesta quarta-feira, no jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

No jogo de ida, na Vila Belmiro, o Peixe ficou apenas no empate por 1 a 1. Para o duelo de volta, a equipe precisa de uma vitória simples ou por um empate, desde que marque ao menos dois gols. Nada, no entanto, que preocupe o jovem atacante alvinegro.

- O Crac surpreendeu a gente na Vila Belmiro. É um jogo decisivo, não podemos dar mole, senão os caras marcarão gols. É preciso atenção, mas o Santos é time grande e favorito para esse jogo - disse.

A delegação alvinegra embarca rumo à Catalão na terça-feira, às 9h. Pela tarde, realizarão treino físico em uma Associação, por volta das 16h.