icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2013
19:52

Reviravolta no vôlei masculino brasileiro. Depois de ser dispensado pelo Sesi-SP em abril deste ano, o ponteiro Murilo renovou nesta terça-feira seu contrato com a equipe paulista por mais duas temporadas. Atualmente, o jogador de 32 anos se recupera de uma cirurgia no ombro direito realizada no início de maio.

- Fiquei muito feliz com o convite do Sesi-SP. Esta é minha segunda casa. Tenho uma ligação muito forte com a equipe pois já são quatros anos atuando na Vila Leopoldina. Estou me recuperando muito bem e quero voltar logo. Vou poder ficar em São Paulo e esta era minha vontade, ficando perto da Jaqueline e do nosso filho que vai nascer - disse Murilo, referindo-se à gravidez da jogadora de vôlei.

Presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf teceu muitos elogios ao ponteiro, classificando-o como um dos melhores do mundo. Supervisor do Sesi-SP, Montanaro disse que será importante contar com o jogador na temporada 2013/2014:

- Murilo está com o Sesi-SP desde o lançamento do projeto da equipe de vôlei. É um ídolo do esporte e um atleta muito querido pelo Sesi-SP. Nesse primeiro ano, o nosso objetivo é dar a ele toda a tranquilidade no processo de recuperação para que ele volte a ser o Murilo que todos conhecem, jogando no nível que fez dele um dos jogadores mais completos do mundo. Tanto que o contrato foi renovado por dois anos.

Mesmo reconhecendo que não terá o jogador à sua disposição agora, o técnico Marcos Pacheco comemorou a renovação. Segundo ele, o Sesi-SP é o melhor lugar para o ponteiro realizar sua recuperação.

Murilo está no Sesi-SP desde 2009. Participou da conquista da Superliga 2010/2011, do Sul-Americano de Clubes de 2011, do tricampeonato paulista (2009, 2011 e 2012), do tetracampeonato da Copa São Paulo e da 4ª colocação no Mundial Masculino de Clubes de Vôlei, disputado em Doha, no Qatar.

No dia 19 de abril, Murilo havia anunciado por meio de sua assessoria que, após reunião com a diretoria do Sesi-SP. não teria seu contrato renovado. Eleito a melhor recepção da última Superliga, o jogador declarou, na época, que estava chateado com sua saída e que seu desejo era continuar na equipe. Depois da dispensa, ele chegou a conversar com o RJX, mas não chegou a um acordo já que o time carioca enfrenta dificuldades financeiras e ainda procura novos parceiros.

Reviravolta no vôlei masculino brasileiro. Depois de ser dispensado pelo Sesi-SP em abril deste ano, o ponteiro Murilo renovou nesta terça-feira seu contrato com a equipe paulista por mais duas temporadas. Atualmente, o jogador de 32 anos se recupera de uma cirurgia no ombro direito realizada no início de maio.

- Fiquei muito feliz com o convite do Sesi-SP. Esta é minha segunda casa. Tenho uma ligação muito forte com a equipe pois já são quatros anos atuando na Vila Leopoldina. Estou me recuperando muito bem e quero voltar logo. Vou poder ficar em São Paulo e esta era minha vontade, ficando perto da Jaqueline e do nosso filho que vai nascer - disse Murilo, referindo-se à gravidez da jogadora de vôlei.

Presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf teceu muitos elogios ao ponteiro, classificando-o como um dos melhores do mundo. Supervisor do Sesi-SP, Montanaro disse que será importante contar com o jogador na temporada 2013/2014:

- Murilo está com o Sesi-SP desde o lançamento do projeto da equipe de vôlei. É um ídolo do esporte e um atleta muito querido pelo Sesi-SP. Nesse primeiro ano, o nosso objetivo é dar a ele toda a tranquilidade no processo de recuperação para que ele volte a ser o Murilo que todos conhecem, jogando no nível que fez dele um dos jogadores mais completos do mundo. Tanto que o contrato foi renovado por dois anos.

Mesmo reconhecendo que não terá o jogador à sua disposição agora, o técnico Marcos Pacheco comemorou a renovação. Segundo ele, o Sesi-SP é o melhor lugar para o ponteiro realizar sua recuperação.

Murilo está no Sesi-SP desde 2009. Participou da conquista da Superliga 2010/2011, do Sul-Americano de Clubes de 2011, do tricampeonato paulista (2009, 2011 e 2012), do tetracampeonato da Copa São Paulo e da 4ª colocação no Mundial Masculino de Clubes de Vôlei, disputado em Doha, no Qatar.

No dia 19 de abril, Murilo havia anunciado por meio de sua assessoria que, após reunião com a diretoria do Sesi-SP. não teria seu contrato renovado. Eleito a melhor recepção da última Superliga, o jogador declarou, na época, que estava chateado com sua saída e que seu desejo era continuar na equipe. Depois da dispensa, ele chegou a conversar com o RJX, mas não chegou a um acordo já que o time carioca enfrenta dificuldades financeiras e ainda procura novos parceiros.