icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/03/2014
16:15

O primeiro título de Muricy Ramalho como técnico foi conquistado em 1994. Na Copa Conmebol daquele ano, o então auxiliar de Telê Santana teve a responsabilidade de comandar equipe de jovens no torneio internacional e acabou levantando a taça. Duas décadas depois, Muricy terá mais uma chance de lançar geração de jovens neste domingo, às 16h, contra o Botafogo-SP.

O confronto válido pela última rodada do Campeonato Paulista será a primeira chance para garotos como Lucas Silva, João Schmidt e Gabriel Boschilia iniciarem uma partida na equipe profissional. Muricy apenas lamenta não ter a oportunidade de dar mais tempo aos meninos criados em Cotia como aconteceu em 1994 com Rogério Ceni, Juninho Paulista, Caio e Denílson.

- A situação me faz lembrar bastante daquela época, mas com grandes diferenças. O Expressinho teve sequência de jogos, disputou um campeonato. Assim, foram surgindo vários jogadores e fomos campeões. Infelizmente, agora, esses garotos terão apenas uma partida. Mas, de qualquer forma, será importante para eles mostrarem que têm futuro - declarou o comandante.

Além dos jovens, jogadores com pouco espaço no time titular também serão utilizados no estádio Santa Cruz no final de semana. O técnico deve escalar Denis; Paulo Miranda, Lucas Silva e Edson Silva; Luis Ricardo, Wellington, João Schmidt, Lucas Evangelista, Boschilia e Reinaldo; Ademilson. De reservas sem muitas oportunidades, os escolhidos podem provar a Muricy no domingo que têm potencial para ajudar o time no restante da temporada.

- Para eles será o jogo do ano, porque ainda são meninos. Sempre que precisei deles, foram bem e aproveitaram as oportunidades. Eles têm dado o máximo nos treinos e é importante isso. O jogo será importante para eles sentirem mais e ganharem experiência - destacou.