icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2014
01:07

O técnico Muricy Ramalho lamentou a derrota do São Paulo por 1 a 0 para o Atlético Nacional (COL) no jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira, em Medellín, mas mostrou confiança na virada quarta-feira que vem, no Morumbi. O Tricolor precisa ganhar por dois gols de diferença para ficar com a vaga. 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

Após a partida, apesar de fazer críticas à arbitragem, o comandante tricolor reconheceu os méritos do time colombiano.

- Não dá para lamentar, porque eles tiveram muito mais força, estava claro. Mas acho que é reversível em casa - comentou.

Muricy também falou sobre o bom nível do Nacional, atual campeão colombiano. Para ele, o rival é mais forte do que Huachipato (CHI) e Emelec (EQU), adversários nas fases anteriores, e tem também melhor preparo físico que o São Paulo, desgastado pela disputa da Sul-Americana e do Brasileirão.

- Vai melhorando, a cada fase. Foi melhorando pouco a pouco, e chegou nesse nível, hoje temos os quatro melhores da América. O Atlético tem um bom time, bom plantel, e abriu mão do campeonato daqui (Colômbia), essa vantagem é muito grande. Eles tiveram mais perna que a gente - afirmou.