icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/11/2013
12:10

Apesar do presidente Juvenal Juvêncio garantir a renovação do contrato de Muricy Ramalho com o São Paulo, o técnico são-paulino adota cautela e prefere não confirmar sua permanência no clube em 2014. De acordo com o treinador, a situação da equipe no Campeonato Brasileiro ainda não permite que ele pense em estender seu vínculo com o Tricolor.

- É mesmo (que está garantida)? Nem assinei nada, pô (risos). Bom, vamos esperar. O mais importante ainda é o time que está em duas competições importantes e, claro, o Rogério, que é fundamental. Não tem nada acertado para o ano que vem. Não sei se vai ter conversa depois, mas o importante agora é cuidar do time. Depois a gente cuida dessas coisas que não são tão importantes - declarou, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT da Barra Funda.

Conforme Juvenal revelou ao LANCE!Net, ele e Muricy conversaram sobre a renovação ainda no contato que definiu o retorno do comandante ao Morumbi, em setembro. Ainda, o mandatário afirmou que o salário do técnico deverá ser reajustado, já que fechou com o clube por um valor salarial menor (R$ 350 mil mensais) do que vinha recebendo em seus últimos trabalhos. 

Por outro lado, mesmo sem querer tocar no assunto da renovação, Muricy já pensa no planejamento para a próxima temporada e confirmou que, em breve, se reunirá com a diretoria são-paulina para definir os rumos do Tricolor para 2014 independentemente de ficar no São Paulo ou não.

- É, estamos perto disso. De sentar para começar a ver coisas. Senão é difícil, né? Saímos muito atrás, o mercado está apertado. Ele já está fervendo em relação a planejamento. Já fizemos nosso calendário de pré-temporada. O técnico que está no momento tem obrigação disso. Já fizemos. Agora, tem de se começar a olhar com carinho para o que vai acontecer em 2014 - completou o treinador.

Garantido por Juvenal, Muricy evita falar de renovação