icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
18/12/2013
07:43

A Seleção Brasileira feminina de handebol pode fazer história nesta quarta-feira. A equipe encara a Hungria, às 14h30 (de Brasília) pelas quartas de final do Mundial de Handebol, na Arena Belgrado, e pode colocar fim a uma incômoda escrita: a de nunca ter avançado às semifinais de um torneio de ponta, seja um Mundial ou edições de Jogos Olímpicos.

Caso vença, a equipe dirigida pelo dinamarquês Morten Soubak já garantirá a melhor performance de sua história em competições assim. O melhor desempenho hoje em dia ainda é o do Mundial de 2011, disputado em casa, quando a equipe caiu nas quartas de final e ficou com a quinta colocação. Nos Jogos Olímpicos do ano passado, o time ficou em sexto lugar, depois de também cair na mesma fase.

Um triunfo brasileiro colocaria o time frente a frente com o vencedor de Dinamarca e Alemanha. As equipes se enfrentam às 17h15, em Novi Sad. Ressalte-se que o Brasil enfrentou a Dinamarca no Grupo B e venceu por 23 a 18, naquela que foi considerada a sua principal vitória na fase de classificação do torneio.

Na mesma cidade, às 14h30, será disputado o duelo entre França e Polônia. As atuais vice-campeãs mundiais buscam chegar pela terceira vez seguida entre os quatro melhores times de um Mundial. Em 2011, no Brasil, as francesas ficaram atrás apenas da Noruega, que fecham a programação do dia, em Belgrado, às 17h15, contra as donas da casa.

Confira todos os jogos de quartas de final do Mundial de Handebol
14h30 - Brasil x Hungria, em Belgrado
14h30 - França x Polônia, em Novi Sad
17h15 - Noruega x Sérvia, em Belgrado
17h15 - Dinamarca x Alemanha, em Novi Sad