icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
16:14

Pressionado por diversos países, principalmente pelos Estados Unidos, o comitê técnico do Mundial de Barcelona decidiu que a temperatura máxima para a competição de maratona aquática será 31ºC, algo que até então não estava definido, nesta quarta-feira. A mínima é 16ºC.

Influenciou na alteração a morte do americano Frances Crippen, que em 2010 faleceu durante etapa da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, em Al Fujayrah, nos Emirados Árabes Unidos, quando temperatura da água marcou no mínimo 33ºC.

- Acho que o mais correto era procurar uma combinação de temperaturas (da água e do ambiente) para se estabelecer um padrão ideal para a prática deste esporte. Para mim, uma prova com água a 28 graus torna-se proibitiva num local em que esteja a mais de 40 graus de temperatura e ao mesmo tempo seria perfeitamente possível de competir, mesmo com a água um pouco abaixo dos 16, pois o sol iria esquentando as costas do nadador - disse Igor de Souza, chefe da equipe brasileira de maratonas.

O Mundial de Barcelona começa no próximo dia 19 e se encerra no dia 4 de agosto.

Pressionado por diversos países, principalmente pelos Estados Unidos, o comitê técnico do Mundial de Barcelona decidiu que a temperatura máxima para a competição de maratona aquática será 31ºC, algo que até então não estava definido, nesta quarta-feira. A mínima é 16ºC.

Influenciou na alteração a morte do americano Frances Crippen, que em 2010 faleceu durante etapa da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, em Al Fujayrah, nos Emirados Árabes Unidos, quando temperatura da água marcou no mínimo 33ºC.

- Acho que o mais correto era procurar uma combinação de temperaturas (da água e do ambiente) para se estabelecer um padrão ideal para a prática deste esporte. Para mim, uma prova com água a 28 graus torna-se proibitiva num local em que esteja a mais de 40 graus de temperatura e ao mesmo tempo seria perfeitamente possível de competir, mesmo com a água um pouco abaixo dos 16, pois o sol iria esquentando as costas do nadador - disse Igor de Souza, chefe da equipe brasileira de maratonas.

O Mundial de Barcelona começa no próximo dia 19 e se encerra no dia 4 de agosto.