icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2013
13:11

Após ter retornado ao Maracanã, o Flamengo terá uma complicada missão em Salvador: vencer o Bahia. Ciente das dificuldades que o time rubro-negro terá de encarar na Arena Fonte Nova, o atacante Marcelo Moreno acredita que, mesmo com a equipe atuando fora de casa, terá grande apoio da torcida na capital baiana.

- Não teremos vida fácil na Fonte Nova. O Bahia joga em casa, conta com a torcida a seu favor, por isso não podemos nos descuidar em nenhum momento. Mas, mesmo assim, acredito que os flamenguistas não farão feio. Eles costumam surpreender e, desde que cheguei ao clube, nunca nos decepcionaram. Muito pelo contrário. Em todos estados que visitamos, fomos bem recebidos e apoiados dentro e fora dos estádios. A festa que eles fazem é um show à parte, nos motivam e nos colocam nos trilhos certos. Espero que na Fonte Nova não seja diferente - lembrou.

Com cinco gols em dez partidas pelo Rubro-Negro, Moreno está há dois jogos sem marcar. O último gol do atacante foi na vitória por 2 a 1 diante do ASA-AL, pela Copa do Brasil.


Moreno faz o gol que selou a vitória diante do ASA-AL (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

- Sou um atacante de ofício. É claro que gostaria de marcar, até para dar continuidade ao bom momento vivido no Flamengo. Mas, independentemente disso, sei que a vitória é o mais importante. Estamos totalmente focados para essa partida, nos sentimos seguros e prontos para superar todas as dificuldades que aparecerem em nosso caminho - afirmou o boliviano.

Em 15º na tabela, o ataque rubro-negro é um dos piores do Brasileirão com nove gols, junto com o da Ponte Preta. O ataque dos dois clubes fica à frente apenas do setor ofensivo do Corinthians, com seis, Náutico, com sete, e Goiás e Atlético-MG, ambos com oito. Em quinto, o Bahia tem um gol a mais do que o Flamengo. Dos nove tentos feitos pelo time da Gávea, dois foram marcados por Moreno.

Após ter retornado ao Maracanã, o Flamengo terá uma complicada missão em Salvador: vencer o Bahia. Ciente das dificuldades que o time rubro-negro terá de encarar na Arena Fonte Nova, o atacante Marcelo Moreno acredita que, mesmo com a equipe atuando fora de casa, terá grande apoio da torcida na capital baiana.

- Não teremos vida fácil na Fonte Nova. O Bahia joga em casa, conta com a torcida a seu favor, por isso não podemos nos descuidar em nenhum momento. Mas, mesmo assim, acredito que os flamenguistas não farão feio. Eles costumam surpreender e, desde que cheguei ao clube, nunca nos decepcionaram. Muito pelo contrário. Em todos estados que visitamos, fomos bem recebidos e apoiados dentro e fora dos estádios. A festa que eles fazem é um show à parte, nos motivam e nos colocam nos trilhos certos. Espero que na Fonte Nova não seja diferente - lembrou.

Com cinco gols em dez partidas pelo Rubro-Negro, Moreno está há dois jogos sem marcar. O último gol do atacante foi na vitória por 2 a 1 diante do ASA-AL, pela Copa do Brasil.


Moreno faz o gol que selou a vitória diante do ASA-AL (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

- Sou um atacante de ofício. É claro que gostaria de marcar, até para dar continuidade ao bom momento vivido no Flamengo. Mas, independentemente disso, sei que a vitória é o mais importante. Estamos totalmente focados para essa partida, nos sentimos seguros e prontos para superar todas as dificuldades que aparecerem em nosso caminho - afirmou o boliviano.

Em 15º na tabela, o ataque rubro-negro é um dos piores do Brasileirão com nove gols, junto com o da Ponte Preta. O ataque dos dois clubes fica à frente apenas do setor ofensivo do Corinthians, com seis, Náutico, com sete, e Goiás e Atlético-MG, ambos com oito. Em quinto, o Bahia tem um gol a mais do que o Flamengo. Dos nove tentos feitos pelo time da Gávea, dois foram marcados por Moreno.