icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
10/11/2014
17:22

Pentacampeão da Superliga Feminina, atual campeão paulista e recheado de grandes jogadoras. É com essa moral que o Molico/Nestlé Osasco estreará  nesta terça-feira na Superliga 2014/2015, às 20h15, diante do Maranhão/Cemar, em São Luís (MA).

Ivna, oposto da equipe, ressaltou a importância da conquista do campeonato paulista e afirmou ser a união uma das principais armas do time nessa temporada.

- Estou muito feliz por estar em Osasco e defender esta camisa que tanto representa para o vôlei. A conquista do campeonato paulista trouxe mais confiança ao grupo para começarmos a Superliga, que é o campeonato mais importante do país. A união e a vontade de vencer do nosso time é que vai fazer a gente dar o máximo dentro de quadra para conquistarmos  mais vitórias
 
A jogadora ainda fez questão de enaltecer a força da torcida de Osasco para o time

- Ver o Liberatti (ginásio do Molico/Nestlé) cheio, com os torcedores comemorando, só aumentou a minha gana. Ficou um gostinho de quero mais. A força da nossa torcida, independente do lugar em que jogamos, nos empurrou até a final do campeonato paulista. Chegamos na decisão contagiadas pelo clima e conseguimos fazer dois grandes jogos contra um adversário que engrandeceu a conquista.  E estou me sinto muito bem. Acredito que a cada dia evoluo não só como atleta. O meu desejo é conquistar todas as competições que disputar com a camisa do Molico/Osasco
 
 Defendendo as cores do Osasco desde a temporada passada , a levantadora Ana Maria exaltou a estrutura do clube e o ambiente, repleto de grandes nomes do vôlei brasileiro.

- Aprendi muito na temporada passada, jogando no Molico. Gostei muito de ter trabalhado lá. Apesar de não ter jogado tanto, ganhei experiência em outras coisas. Treinei em uma das melhores estruturas, ao lado de jogadoras acostumadas a vencer sempre, a jogar em decisões de campeonato e tudo isso foi muito importante para o meu crescimento

Mais experiente, a levantadora agora orienta as novatas na equipe.

- Tento ajudar as meninas mais novas a cada treino. Algumas nunca jogaram uma Superliga como titular e sabemos que cada detalhe pode ser importante, principalmente na preparação para um jogo como esse, contra o Molico. A Dani Lins é uma das melhores levantadoras do mundo e jogou muito bem as finais do Paulista. É difícil saber para onde vai o levantamento, já que ela esconde bastante o jogo

Destaque do time, a campeã olímpica Dani Lins mostrou-se realizada com sua volta à equipe paulista. E espera retribuir todo o carinho com vitórias e títulos.

- Estar de volta ao time de Osasco é uma alegria enorme. Aqui, estou ao lado de grandes jogadoras e amigas. Me sinto realmente em casa. Ter a confiança do Luizomar (de Moura, técnico do Molico/Nestlé) e do grupo me deixa muito feliz e quero fazer o máximo para corresponder a forma como fui recebida aqui.  A ideia, claro, é estrear com uma vitória e seguir bem até o final. Estamos treinando muito bem, vindo de um título importante como o Paulista e agora vamos com tudo para a Superliga