icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS
05/02/2015
01:58

O Mogi das Cruzes/Helbor está com a moral altíssima no NBB 7. No reencontro com o Ginásio Hugo Ramos, na noite desta quarta-feira, o time do Alto do Tietê conquistou um expressivo triunfo diante do vice-líder Winner/Limeira, pelo placar de 98 a 82, e conquistou a sétima vitória seguida na competição.

Depois de assegurar seis triunfos seguidos fora de casa, o time mogiano voltou a atuar diante de sua fanática torcida após 27 dias e não deu chances aos limeirenses. Com o domínio do placar do início ao fim, a equipe do técnico Paco García fez ferver o “caldeirão” Hugo Ramos, conquistou um grande resultado e manteve o embalo no campeonato.

Ainda na terceira colocação, a equipe mogiana soma agora um total de 14 resultados positivos em 20 partidas disputadas (70% de aproveitamento) e diminuiu a diferença para os limeirenses, donos da segunda colocação, que conheceram apenas a terceira derrota também em 20 jogos disputados no maior campeonato de basquete do país (85% de aproveitamento).

+Clique aqui e confira a classificação completa da temporada 2014/2015 do NBB

Principais pontuadores do Mogi na partida, Paulão e Shamell alternaram bem o protagonismo nas duas metades do jogo. O pivô marcou todos os seus 17 pontos durante o primeiro tempo e depois viu o o norte-americano anotar 23 de seus 24 tentos durante os 20 minutos finais do duelo.

Junto da dupla, outros nomes importantes para o êxito mogiano foram o armador Elinho, com 13 pontos (todos no segundo tempo), e o ala Jimmy, autor de 12 pontos (4/4 nos arremessos de três pontos). Do lado limeirense, o cestinha foi o ala/pivô Rafael Mineiro, responsável por 23 pontos, seguido pelo pivô Bruno Fiorotto, que anotou 16 pontos.

O jogo

O duelo começou bastante equilibrado e com as duas equipes explorando bem seus homens de garrafão. Com seis pontos cada, os pivôs Paulão, do Mogi, e Fiorotto, do Limeira, comandaram as primeiras ações ofensivas de seus times e mantiveram o jogo parelho (10 a 10). Enquanto o atleta limeirense parou, Paulão seguiu muito bem e, com mais seis pontos anotados, foi fundamental para a equipe mandante marcar sete pontos seguidos e abrir vantagem (17 a 10). Nos minutos finais do primeiro quarto, os visitantes chegaram a cortar a diferença no placar, mas os anfitriões não se abalaram e conseguiram continuar na frente (22 a 18).

Logo no começo do segundo quarto, Mogi ampliou a diferença no placar e, com bons lances de Gerson, abriu oito pontos de frente (28 a 21). Com duas faltas rápidas, Gerson precisou voltar para o banco de reservas e com isso Paulão voltou à quadra após um rápido descanso. A troca de pivôs em nada influenciou a arrancada dos mogianos e a vantagem no marcador seguiu aumentando.

Com mais seis pontos, Paulão seguiu como o grande destaque da partida e com a ajuda de Wagner e Jimmy, que também marcaram seis pontos cada no período, foi fundamental para Mogi controlar o ritmo do jogo. Sem conseguir um bom aproveitamento ofensivo e com seus principais jogadores apagados, Limeira não teve forças para equilibrar as ações e viu os donos da casa fecharem a primeira metade da partida com 11 pontos de frente: 44 a 33.

Depois de marcar apenas um ponto no primeiro tempo, Shamell voltou com tudo dos vestiários e liderou o ataque mogiano no terceiro quarto. Com 11 pontos, o cestinha da atual temporada do NBB teve grande parcela de contribuição para a equipe mandante seguir em vantagem. Do outro lado, Mineiro e Fiorotto até tentaram liderar uma reação limeirense, mas não teve jeito. Então, os times chegaram para os dez minutos finais do confronto separados por dez pontos: 63 a 53 a favor do Mogi.

Com cinco pontos seguidos no início do último período, nas mãos de Elinho e Shamell, Mogi colocou a diferença no placar na casa dos 15 pontos (68 a 53) e obrigou o técnico limeirense Dedé Barbosa a parar o jogo. O tempo técnico de nada adiantou e os limeirenses não conseguiram mudar o cenário do jogo. Elinho e Shamell seguiram bem, Tyrone viveu seu melhor momento na partida e a equipe do Alto do Tietê confirmou o expressivo triunfo para dar continuidade à sua sequência de vitórias.

Na sequência da competição, Mogi voltará a atuar ao lado de sua torcida e desafiará o Rio Claro Basquete na próxima sexta-feira (06/02), às 20 horas (de Brasília). Na mesma data, às 19h30 (de Brasília), Limeira irá até o Vale do Paraíba para desafiar o São José/Unimed, em duelo que contará com transmissão ao vivo dos canais SporTV.