icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
23/02/2015
23:28

Apesar do desempenho irregular do São Paulo neste início de temporada, Michel Bastos vive bom momento com a camisa do Tricolor. No entanto, o polivalente jogador analisou o desempenho recente do time de Muricy e afirmou que a equipe ainda não está no mesmo ritmo do ano passado.

- O Muricy sempre pede, quando não estamos com a bola, uma marcação firme, todo mundo voltando. A gente ainda não está no mesmo ritmo do fim do ano passado. Com a bola somos técnicos. Chegávamos facilmente até o gol do adversário. Esse ano, ainda não conseguimos isso e não mantemos mesmo ritmo até o fim das partidas. No papel somos uma grande equipe. Sempre falam que a gente vai chegar na final da Libertadores, mas sabemos que temos que melhorar. Não fomos bem contra o Corinthians, mas no Paulistão estamos bem. Mesmo assim, temos consciência de que temos que melhorar. - disse Michel, no programa Bem, amigos, do Sportv, nesta segunda.

O atleta, que marcou dois gols no confronto deste sábado, contra o Audax, também salientou que sua posição atualmente é como meia. 

- Sempre marquei gols. Joguei pouco como lateral na Europa. No Lyon e no Schalke 04 nunca atuei como lateral. No Roma, sim, em alguns jogos. Eu era lateral de origem no Brasil. No meu último campeonato aqui marquei 13 ou 14 gols jogando como ala. O treinador me colocou no meio campo. Quando fui para a Seleção, eu estava no Lyon, mas o laterais se machucaram e Dunga não convocou mais ninguém. Ele disse que eu iria atuar na lateral. Mas, depois disso não joguei mais na lateral. - comentou

Embora o Tricolor não venha tendo atuações convicentes nos confrontos mais importantes, Michel revelou que está contente pela confiança que Muricy tem depositado nele.

- Fico feliz pelo fato dele (Muricy) ter confiança em mim. Cheguei como meia, mas já atuei como segundo volante no São Paulo. Isso prova a confiança que ele tem em mim. No jogo contra o Corinthians, ele me posicionou como lateral. Mostra a confiança e esse fato tem me ajudado a estar no momento que estou. Eu sempre trabalhei forte, me dedico e tento aproveitar as oportunidades do momento. - concluiu