icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/04/2014
15:43

Mais uma lenda do esporte sai da aposentadoria. Nesta tarde, foi anunciado o retorno de Michael Phelps às piscinas após quase dois anos parado. O americano é dono de 22 medalhas olímpicas, sendo 18 ouros, dois recordes nos Jogos. Mas Phelps não é o primeiro a retornar da "inatividade".

Michael Jordan

Em 1993, após a morte de seu pai, Jordan anunciou sua aposentadoria das quadras. Michael foi, então, jogar no time do Chicago White Sox, nas ligas menores de beisebol, para concretizar o sonho de seu pai de vê-lo atuando na modalidade.

Jordan retornou ao basquete em 1995, novamente no Chicago Bulls, para conquistar três de seus seis títulos da NBA. Após o tri, Jordan se aposentou de novo e retornou em 2001, ao Washington Wizards, sem sucesso para, por fim, abandonar de vez o jogo em 2003, tornando-se dono de uma equipe, o Charlotte Bobcats.

Magic Johnson

Cinco vezes campeão da NBA com o Lakers, Magic Johnson anunciou sua aposentadoria da franquia em 1991, após apresentar diagnóstico positivo para HIV. Magic ainda disputou os Jogos Olímpicos de 1992, fazendo parte do Dream Team dos Estados Unidos em Barcelona.

Magic retornou às quadras na temporada 1995-1996, participando de apenas 32 jogos, ajudando o Lakers a se classificar aos playoffs do mesmo ano. Porém, a equipe foi derrotada pelo Houston Rockets, na primeira rodada e, então, Johnson anunciou novamente sua aposentadoria.

Michael Schumacher

O piloto alemão é o maior campeão da história da Fórmula 1, com sete títulos. O último deles, em 2004, precederia em dois anos o que seria a última volta de Schumi em um carro da categoria. Seria.

Schumacher retornou às pistas em 2010, à equipe Mercedes, porém, sem repetir o mesmo sucesso de antes, conquistou apenas a nona e oitava colocações nos dois anos de sua volta. Hoje, Schumacher luta pela vida após um acidente de esqui em dezembro do ano passado.

Floyd Mayweather Jr.

O atual campeão mundial de boxe, com um recorde de 45 vitórias em 45 lutas, anunciou sua aposentadoria após vencer a lenda Oscar De La Hoya, conquistando o título mundial dos meio médios, em maio de 2007. À época, Floyd anunciou que não tinha mais nada a provar no boxe. Ledo engano.

Em julho do mesmo ano, Mayweather anunciou que retornaria à modalidade em dezembro, quando enfrentou e venceu Ricky Hatton pelos meio pesados e, ao final da luta, anunciou novamente a aposentadoria. Então, dois anos depois, Mayweather retornou ao boxe, enfrentando Juan Manuel Márquez pelo título dos meio pesados. Floyd segue em atividade e enfrentará o argentino Marcos Maidana no dia 03 de maio desse ano.

George Foreman

Outro boxeador a "cancelar" sua aposentadoria foi George Foreman. Em 1977, George abandonou os ringues, aos 28 anos, tendo até então, um recorde de 45 vitórias e duas derrotas. Quase dez anos depois, Foreman retornou ao boxe, com 38 anos de idade, vencendo 24 lutas até sua primeira derrota, cinco anos depois, para Evander Holyfield.

Ele seguiu lutando para, enfim, retomar o cinturão de campeão mundial do peso pesado, em 1994. Foreman se tornou o boxeador mais velho a ser campeão do mundo, aos 45 anos. George se aposentou novamente em 1997, com um recorde de 76 vitórias e 5 derrotas.