icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Léo Burlá
05/07/2014
15:00

Os holandeses se multiplicam pelas ruas de Salvador, horas antes do duelo Holanda x Costa Rica, às 17h deste sábado, na Arena Fonte Nova, pelas quartas de final da Copa do Mundo. No entanto, um torcedor do México apareceu no Pelourinho dizendo que era para ser sua seleção e outros "chicos" no local, ao invés dos europeus.

O mexicano levou um cartaz com uma montagem de Arjen Robben prestes a dar um salto ornamental, com os dizeres "No era penal" (Não era pênalti). Robben foi figura central da vitória da Holanda por 2 a 1 sobre o México, nas oitavas de final. Nos acréscimos do segundo tempo, ele sofreu um pênalti de Rafael Márquez - lance contestado pelos mexicanos. Após o jogo, curiosamente, ele admitiu ter tentado cavar um pênalti, mas referindo-se a um lance no primeiro tempo, e não a polêmica em questão.

O fato é que jogadores e torcedores do México reclamam do lance até hoje. Nesta sexta-feira, o técnico da Costa Rica, Jorge Luis Pinto, pediu que a arbitragem e a Fifa ficassem atenta às tentativas de simulação de Robben no duelo deste sábado.