icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
14:19

O Barcelona entra em campo neste sábado para enfrentar o Real Betis pela 32ª rodada do Campeonato Espanhol. Em princípio, uma partida contra o lanterna do torneio em casa, sem ser o jogo decisivo, que vai garantir título, não teria tanta importância e destaque. Mas na verdade, pode ser histórico para Messi e Neymar. O argentino pode alcançar 400 gols na carreira, e o brasileiro, 200.

Basta que cada um marque um. Contando gols pelas equipes C, B e a principal do Barcelona, além da seleção argentina, incluindo a olímpica, Messi já tem 399 gols. Inclusive, tornou-se recentemente no maior artilheiro da história do clube catalão. Desta vez tirando as equipes inferiores, marcou 349. Tem mais 37 pela seleção argentina.

Messi marcou ainda mais cinco pelo Barcelona C, outros seis pelo Barça B, e dois com a equipe olímpica da Argentina. Chegando assim aos 399.

Neymar usa um critério diferente para a sua conta. Não leva em consideração equipes de base do Santos, mas sim da Seleção Brasileira. Apenas na sua época profissional no Peixe, marcou 138 gols, suficiente para ser o maior artilheiro da equipe na era pós-Pelé. Chegou ao Barcelona no início desta temporada, e já balançou as redes 17 vezes.

Pela Seleção Brasileira Sub-17, fez mais um, e mais nove pela Sub-20. Na principal, aonde estreou em 2010, já são 34 gols, suficiente para colocá-lo como grande astro da equipe que vai à Copa do Mundo de 2014.